Renascida, Alemanha promete não só vencer a Coreia como também voltar a ser forte no Mundial

  • por Doentes por Futebol
  • 2 Anos atrás

 

Atuais campeões precisam vencer e torcer pelo tropeço da Suécia no Grupo F

A quarta-feira, 27 de junho, não é dia de emoção só por conta do jogo do Brasil, não. Mais cedo, às 11h, horário de Brasília, vamos conhecer os classificados do Grupo F da Copa do Mundo da Rússia. É desta chave que saem os adversários da Seleção Brasileira. Ou seja, temos que ficar ligados.

Alemanha x Coreia do Sul

Depois da emocionante e épica vitória de 2 a 1 sobre a Suécia no sábado passado, a Alemanha renasceu no Mundial. Tenha certeza de que a Mannschaft está mais forte do que nunca. Isso é muito perigoso para as demais equipes favoritas ao título. Para o compromisso em Kazan, o técnico Joachim Löw não sabia, pelo menos até o momento que este texto era produzido, se poderia escalar o meio-campista Sebastian Rudy. O jogador do Bayern de Munique sofreu uma fratura no nariz na partida anterior. Ele foi operado e terá que usar uma máscara de proteção. Caso não jogue, o substituto deve ser İlkay Gündoğan, assim como vimos no decorrer do triunfo mais recente.

Quem é certo de não jogar é o zagueiro Boateng. Ele foi expulso, levando o terceiro cartão amarelo, por isso vai acompanhar o duelo da arquibancada. Para conseguir a classificação é necessário vencer.  O que pode ajudar também é que o adversário está praticamente eliminado. A Coreia do Sul só passa de fase se vencer por no mínimo quatro gols de diferença, além de a Suécia não derrotar o México. Apesar da dura missão, o Tigre Asiático está confiante.

“Analisar como a Alemanha joga não vai nos ajudar muito agora. Mas eu vi vários jogos da Alemanha na televisão antes de vir para cá. Não acho que impossível parar os alemães no mano a mano. Seria muito difícil para mim defender um jogador alemão sozinho. Todos eles são conhecidos no mundo. Então nossa estratégia vai ser focado em jogar como um time. Kimmich é conhecido por seus cruzamentos e grande habilidade. Mas se a gente se ajudar na defesa, os meias também, e todo mundo der tudo de si, não vamos deixar eles marcarem gol”, falou o lateral Hong Chul.

De acordo com o Oddsshark.com nas apostas esportivas, como é de se esperar, a vitória da Alemanha paga R$ 1,16, contra R$ 15,00 do adversário. O atacante Timo Werner também está deixando a desejar. Até agora, não fez nenhum gol sequer. Se, o jejum acabar, o rendimento é de R$ 1,90. Vale lembrar que os germânicos nunca foram eliminados na fase de grupos. Se isto acontecer, o valor que os investidores embolsam é de R$ 6,50 por 1.

México x Suécia

A um empate das oitavas de final, o México precisa ter cuidado em Ecaterimburgo. Um empate serve para não só classificar, como também para garantir a liderança do grupo.  Para ser eliminada, a galera do Chaves e do Chapolin Colorado tem que perder, e a Alemanha vencer a Coreia por um gol a mais. Cautela é a palavra do momento na seleção tricolor.

“Antes de começar a Copa, poucos teriam apostado que o México teria seis pontos. Sabemos que ainda não conseguimos nada, e vamos seguir sem relaxar. Temos que gerar essa sequência de bons resultados”, disse o goleiro Guilhermo Ochoa na entrevista coletiva.

O grande destaque mexicano na primeira fase do maior evento esportivo do planeta até o momento é atacante Hirving Lozano, do PSV, da Holanda. Me arrisco a dizer que é bem capaz de ele se transferir para uma liga mais forte na temporada 2018/2019. Olho neste rapaz. Quem também é uma ótima arma ofensiva é Chicharito Hernández, que paga R$ 2,87 se balançar as redes, indica o Oddsshark.com.

Do outro lado, a engessada Suécia, se mantém otimista em uma possível classificação. Para isso, basta vencer. Caso a Alemanha também conquiste o resultado positivo, a princípio, o saldo de gols vai ser o critério de desempate. Atualmente, tanto suecos quanto alemães estão com o saldo de zero.

Ainda segundo o Oddsshark.com, o duelo tem tudo para ser bem apertado, tanto que a diferença entre os valores das equipes é e apenas R$ 0,25. O México paga R$ 2,50, enquanto que a Suécia rende R$ 2,75 por 1. Gols para os dos lados do embate geram R$ 1,90. Viu como o mundo das apostas é bem amplo? Para saber mais, clique no link.

Confira os jogos da 3ª rodada da Copa do Mundo 2018:

Segunda-feira (25 de junho)

11h – Rússia (R$ 3,10) 0 x 3 (R$ 2,62) Uruguai. Empate: R$ 3,10

11h – Arábia Saudita (R$ 4,75) 2 x 1 (R$ 1,85) Egito. Empate: R$ 3,60

15h – Portugal (R$ 1,70) 1 x 1 (R$ 6,00) Irã. Empate: R$ 3,75

15h – Espanha (R$ 1,36) 2 x 2 (R$ 11,00) Marrocos. Empate: R$ 5,00

Terça-feira (26 de junho)

11h – Dinamarca (R$ 4,50) x (R$ 2,30) França. Empate: R$ 2,70

11h – Peru (R$ 2,45) x (R$ 3,00) Austrália. Empate: R$ 3,50

15h – Islândia (R$ 3,25) x (R$ 2,37) Croácia. Empate: R$ 3,40

15h – Nigéria (R$ 6,50) x (R$ 1,55) Argentina. Empate: R$ 4,50

Quarta-feira (27 de junho)

11h – Coreia do Sul (R$ 15,00) x (R$ 1,16) Alemanha. Empate: R$ 7,00

11h – México (R$ 2,50) x (R$ 2,75) Suécia. Empate: R$ 3,30

15h – Sérvia (R$ 7,50) x (R$ 1,50) Brasil. Empate: R$ 3,80

15h – Suíça (R$ 1,80) x (R$ 6,00) Costa Rica. Empate: R$ 3,30

Quinta-feira (28 de junho)

11h – Japão (R$ 3,30) x (R$ 2,20) Polônia. Empate: R$ 3,25

11h – Senegal (R$ 3,60) x (R$ 2,15) Colômbia. Empate: R$ 3,10

15h – Inglaterra (R$ 2,75) x (R$ 2,60) Bélgica. Empate: R$ 3,20

15h – Panamá (R$ 3,30) x (R$ 2,30) Tunísia. Empate: R$ 3,10

Comentários