Brasil cada vez mais se distancia dos rivais nas cotas do título da Copa do Mundo

  • por Victor Gandra Quintas
  • 4 Meses atrás

Seleção verde e amarela é a grande favorita ao caneco na Rússia

Como de costume, nas viradas de fase da Copa do Mundo da FIFA, trazemos aqui a atualização das cotas dos times favoritos ao título. Vamos entrar nas quartas de final. Na sexta-feira, 6 de julho, França e Uruguai medem forças em Novgorod, enquanto que Brasil e Bélgica fazem o outro jogaço do dia em Kazan.

Brasil

Com as precoces eliminações de Alemanha e Espanha, a Seleção Brasileira aumentou ainda mais o seu favoritismo nas apostas esportivas para faturar o seu hexacampeonato. Anteriormente, a nossa cota era de R$ 5,50, igual à dos espanhóis e R$ 1,50 a menos que a dos alemães. Hoje, o valor é de R$ 3,75.

O comandados do treinador Tite começaram o maior evento esportivo do planeta de maneira travada, encontrando dificuldades, mesmo ficando na liderança do Grupo E. Foram duas vitórias, sobre Costa Rica e Sérvia, e um empate com a Suíça. O principal jogador, o meia-atacante Neymar, se envolveu em diversas polêmicas em virtude de seu estilo de jogo, reclamando muito, com o constante cai-cai.

Na oitavas de final, contra o México, que havia vencido a então poderosa Alemanha, os brasileiros foram cirúrgicos. Pressionados no início da partida, eles souberam vencer a galera do Chaves e do Chapolin Colorado, que no início do duelo partiu para cima, buscando balançar logo as redes.

França

Atrás do Brasil, tem a França, recheada de talentos. Pagando R$ 5,00 a cada real aplicado por você, os Le Bleus são, sim, favoritos, porém antes de o torneio começar, não eram vistos no topo das listas de outrights. Conforme a bola rolou, eles fizeram partidas sem muito brilho, mas com eficiência asseguraram a liderança do Grupo C vencendo Austrália e Peru. Diante da Dinamarca, tivemos um empate de comadres sem gol.

Contra a Argentina, os campeões de 1998 fizeram a sua melhor apresentação: vitória de 4 a 3. Não se deixe levar pela grande quantidade de gols. Os europeus foram superiores, tanto que não se assustaram quando Messi e companhia viraram o placar para 2 a 1. Tranquilidade e qualidade definiram a França. Mbappé está em franca evolução, com três gols marcados, o que permite ele sonhar com a artilharia, além de Griezmann. O atleta do Atlético de Madrid finalmente parece que resolveu aparecer.

Inglaterra

Também com a quantia de R$ 5,00, de acordo com o Oddsshark.com, o English Team já fez história na Rússia ao passar para as quartas de final, o que não acontecia desde 2006, na Alemanha. Outro detalhe importante é que os britânicos exorcizaram um fantasma. Eles, finalmente, conseguiram avançar em uma disputa de pênaltis em competições importantes. Estes detalhes certamente darão mais moral aos súditos da rainha nas quartas de final. Tenha certeza disto.

Pode ser que a partir de agora as pessoas levem a Inglaterra mais a sério, mesmo tendo feito 90 minutos bem ruins no empate de 1 a 1 com a Colômbia nas oitavas. A vaga veio nos pênaltis: 4 a 3. A grande sina do país do Reino Unido é prometer e quando chegar na hora do vamos ver, decepcionar. O elenco que está no Mundial é totalmente renovado. O atacante Harry Kane, principal jogador, é o artilheiro geral com seis gols até agora. O atleta do Tottenham já é o segundo da história da equipe britânica a marcar em uma Copa, ficando atrás de Gary Lineker, que fez 10 tentos no passado.

Croácia

A Croácia, ex-nação do Iugoslávia, vem surpreendendo. Resta saber se conseguirá chegar na semifinal, como foi na França, 1998. Olha, a atual geração de Modric, Rakitic e Mandzukic é mais talentosa, hein! Não seria nada de outro mundo os croatas marcarem presença na finalíssima do dia 15 de julho em Moscou. Se chegarem, o título também é bem possível. A cotação não é das maiores, não. A formação do leste da Europa paga R$ 7,00, como indica o Oddsshark.com. Nas oitavas, o time deixou a desejar contra a Dinamarca, depois do empate de 1 a 1. Classificação nas penalidades pelo placar de 4 a 3. Resta saber se foi só um jogo ruim ou a equipe tem qualidade mesmo para brigar pelo troféu.

Bélgica

A grande seleção belga tem todos os quesitos para botar mais um país na seleta lista de campeões mundiais. O problema é que o próximo adversário dos Diabos Vermelhos é o Brasil, que obviamente tem muito mais tradição. Porém, jogo é jogado e lambari é pescado, certo? Quase que eles dão adeus mais cedo, nas oitavas, quando viram o Japão abrir 2 a 0 no marcador. Porém, os comandados do técnico espanhol Roberto Martínez buscaram a virada ainda no tempo regulamentar. A verdade é que eles acharam que podiam ganhar quando quisessem. Contra nós, se adotarem esta postura, será fatal.

Ainda conforme o Oddsshark.com, a Bélgica propicia R$ 7,00. Não podemos esquecer que Lukaku, Mertens, Hazard e De Bruyne nunca podem ser menosprezados. São o tipo de jogador que decide partidas.

Uruguai

Bicampeão em 1930 e 1950, o Uruguai avança na Copa do Mundo de maneira simples, sem alarde. É uma seleção perigosa e traiçoeira. Ela sabe como jogar encontros decisivos, mesmo não tendo um grande elenco. O segredo da Celeste, estimada em R$ 17,00, é contar com uma zaga fortíssima com Godín e Giménez. O time faz uma marcação dura, em cima, sem dar espaços aos rivais. No ataque, Suárez e Cavani, dois dos melhores atacantes da história do futebol, são mortais. Não perdoam. Responsável pelos dois gols da vitória de 2 a 1 sobre Portugal, no último fim de semana, Cavani não vai estar em campo contra a França em virtude de uma lesão muscular na panturrilha esquerda.

Rússia

Rendendo R$ 21,00 se vencer, a Rússia só não é considerada a mais improvável para ser campeã porque está surpreendendo todo mundo. Antes da bola rolar em julho, a expectativa de seus torcedores e da imprensa local era que a equipe não passasse do Grupo A. Isso não só aconteceu, como o time ainda eliminou a poderosa Espanha nas oitavas. Tem como duvidar deste esporte chamado futebol? Definitivamente, não!

Suécia

A Suécia vem sendo criticada por alguns analistas esportivos pela forma que joga bola: defensiva, explorando as jogadas aéreas. Os vikings não estão nem aí para isso, afinal estão avançando jogo a jogo. Você ligaria? Eu, não! Foi assim que eles passaram no Grupo F, deixando os alemães pelo meio do caminho. Os suecos, finalistas em 1958, dentro de casa, pagam R$ 26,00, segundo o Oddsshark.com. Para saber mais do mundo das apostas, confira este link aqui.

Confira os encontros das quartas de final:

Sexta-feira (6 de julho)

11h – França (R$ 2,00) x (R$ 4,60) Uruguai. Empate: R$ 3,20

15h – Brasil (R$ 2,10) x (R$ 3,75) Bélgica. Empate: R$ 3,50

Sábado (7 de julho)

11h- Suécia (R$ 5,00) x (R$ 1,90) Inglaterra. Empate: R$ 3,30

15h – Rússia (R$ 4,00) x (R$ 2,20) Croácia. Empate: R$ 3,10

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).