Brasil e França são favoritos para jogos com Bélgica e Uruguai, respectivamente

  • por Victor Gandra Quintas
  • 4 Meses atrás

Destes embates conheceremos uma semifinal da Copa do Mundo

Nesta sexta-feira, 6 de julho, emoção não vai faltar com os dois primeiros jogos das quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. É, sem dúvida, um dia para não sair da frente da televisão. Há quem diga que é deste lado da chave que sairá o campeão do maior torneio esportivo do planeta no dia 15 de julho, no Estádio Lujniki, em Moscou.

Às 11h, horário de Brasília, a França mede forças com o Uruguai. Depois, às 15h, vamos acompanhar o tão esperado encontro entre Brasil e Bélgica. Aproveite para dar os seus palpites com as dicas do Oddsshark.com. Para você entender melhor como funciona, acesse este link aqui. Boa diversão!

França x Uruguai

Na cidade de Nihzny Novgorod, dois estilos de jogo diferentes serão confrontados. Os franceses contam com a velocidade rápida e a qualidade, enquanto que os uruguaios são bons na marcação, em não darem espaços ao adversário. Quem leva a melhor?  Olha, são grandes as chances de os 90 minutos regulamentares não serem suficientes. Se a decisão da vaga sair na prorrogação ou nos pênaltis, você embolsa R$ 6,00 e R$ 5,00, respectivamente.

 A França, que fez uma primeira fase sem empolgar no Grupo C, mostrou a sua força nas oitavas de final diante da Argentina. Na vitória de 4 a 3, os Le Bleus saíram na frente do marcador, levaram a virada, mas tiveram forças suficientes para retomarem a vantagem. Isso tudo com calma, sem afobação. O grande destaque sem dúvida alguma foi Kylian Mbappé, autor de dois gols.  O jogador do Paris Saint-Germain (PSG) chegou a três tentos marcados no torneio e tem condições de brigar pela artilharia. Se conseguir desbancar o inglês Harry Kane, que hoje tem seis gols, Mbappé vai deixar você de bolso cheio, com R$ 17,00 a cada real apostado.

Quem parece estar começando a mostrar serviço nos campos russos é o atacante Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid. Melhor jogador da Eurocopa de 2016, disputada em casa, ele vem deixando a desejar, e também balançou a rede hermana no sábado passado. Ele já havia marcado na suada vitória de 2 a 1, na estreia com a Austrália.

Do outro lado, a Celeste, guerreira e brigadora, vai ter que se virar sem Edinson Cavani, um de seus principais jogadores. O atleta do PSG sofreu um edema na panturrilha esquerda e, até o fechamento deste texto, não tinha condição alguma de jogo. A vaga deve ficar com Stuani.  Cavani marcou os dois gols de seu país na vitória de 2 a 1 sobre Portugal, nas oitavas. Certamente será um desfalque sentido, porém, ainda resta Luís Suárez, goleador nato.

O Pistolero balançou as redes em duas oportunidades, diante de Arábia Saudita e Egito. Ele será mais importante do que nunca agora. Se, por acaso, marcar o primeiro ou o último gol do encontro, rende nas casas de apostas R$ 6,50 por 1. Outro ponto que vale ser destacado é a zaga uruguaia. Em toda a competição, até agora, ela levou apenas um gol. Velhos conhecidos, Godín e Gimenez são uma fortaleza quando estão juntos.

De acordo com os números disponibilizados pelo Oddsshark.com para você dar os seus palpites, a França é favorita para chegar à semifinal, estando cotada em R$ 2,00, R$ 2,60 a menos que o Uruguai.

Em sete confrontos realizados entre os dois países, os sul-americanos tiveram dois triunfos, contra um dos europeus. Empates foram quatro. A última vez que eles se encontraram dentro das quatro linhas foi em um amistoso em 2013. Na ocasião, o Uruguai venceu por 1 a 0, em Montevidéu.

Possíveis escalações:

França: Lloris, Pavard, Varane, Umtiti e Hernandez; Kanté, Tolisso e Pogba; Mbappé, Giroud e Griezmann.

Uruguai: Muslera; Caceres, Gimenez, Godin e Laxalt; Nandez, Vecino, Betancur e Torreira; Stuani e Suárez.

Brasil x Bélgica

A Bélgica, apontada como a seleção mais promissora dos últimos anos, é o maior desafio do Brasil nesta Copa. Em campo, veremos dois ataques talentosíssimos em Kazan. Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus x Lukaku, Hazard e De Bruyne. Haja coração, meu amigo!

A principal novidade da formação do treinador Tite parece ser o retorno do lateral-esquerdo Marcelo, que perdeu o último compromisso por conta de dores lombar. Confirmado a volta, Filipe Luís senta novamente no banco de reserva, apesar de ter ido muito bem quando acionado diante dos sérvios e mexicanos. Outra notícia boa é que o meia-atacante Douglas Costa está recuperado de lesão e liberado para jogar.

Quem é certo de não jogar é o volante Casemiro. Ele levou o segundo cartão amarelo e agora dará o lugar ao Fernandinho na marcação do meio-campo. O gol menino Ney abrindo ou fechando a partida, rentabiliza R$ 5,00.

Na Bélgica, a esperança de gols é depositada em Romelu Lukaku, com quatro tentos anotados.  O cara, que gera R$ 2,62 se deixar o dele em qualquer minuto, é forte, sabe fazer bem o pivô e tem visão de jogo. Para abastecê-lo, Mertens, Hazard e De Bruyne estão prontos. Devemos ter cuidado. Nos 10 jogos mais recentes, os Diabos Vermelhos fizeram ao menos três gols.  A última derrota deles foi em setembro de 2016, no amistoso com a Espanha. Desde então, foram 18 vitórias e cinco empates. Sentiu o tamanho da pedreira?

Ainda conforme o Oddsshark.com, o Brasil paga R$ 2,10, e a Bélgica, R$ 3,75. Vamos tratar de aumentar o rendimento da seleção canarinha. Com uma vitória nossa no primeiro tempo e o empate no segundo, o valor dá um salto para R$ 15,00 por 1. Perdendo a primeira etapa e vencendo a segunda, o retorno é de R$ 34,00, enquanto que o inverso gera R$ 26,00.

Possíveis escalações:

Brasil: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Paulinho e Fernandinho; Neymar, Philippe Coutinho, Willian e Gabriel Jesus.

Bélgica: Courtois; Alderweireld, Kompany e Vertonghen; Meunier, De Bruyne, Witsel (Fellaini) e Carrasco; Hazard, Lukaku e Mertens.

Confira os encontros das quartas de final:

Sexta-feira (6 de julho)

11h – França (R$ 2,00) x (R$ 4,60) Uruguai. Empate: R$ 3,20

15h – Brasil (R$ 2,10) x (R$ 3,75) Bélgica. Empate: R$ 3,50

Sábado (7 de julho)

11h- Suécia (R$ 5,00) x (R$ 1,90) Inglaterra. Empate: R$ 3,30

15h – Rússia (R$ 4,00) x (R$ 2,20) Croácia. Empate: R$ 3,10

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).