Chegou a hora de Willian trocar o azul do Chelsea pelo vermelho do Manchester United?

  • por Victor Gandra Quintas
  • 1 year atrás

Meio-campista brasileiro é, há tempos, o sonho de consumo do treinador português José Mourinho

Um dos jogadores mais valorizados da Premier League é brasileiro, você sabia? Estamos falando do meio-campista Willian, do Chelsea. Na temporada 2017/2018, o ex-corintiano levou os prêmios de Goal of The Season (o melhor gol da temporada) e Player of The Year (jogador do ano). Ambas as premiações foram dadas pelo clube de Stamford Bridge.

Avaliado em 38 milhões de euros, cerca de R$ 164 milhões, o brazuca tem contrato com os Blues até o dia 30 de junho de 2020. Desde o fim da Copa do Mundo da Rússia, no dia 15 de julho deste ano, são frequentes as notícias de que o atleta pode trocar de time. Aproveite para também lucrar com a ajuda do Oddsshark.com nas apostas online.

É sabido que o técnico português José Mourinho adora o futebol de Willian e já expressou diversas vezes em entrevistas a intenção de contar com ele no elenco do Manchester United. Segundo a imprensa, os Red Devils estariam dispostos a desembolsarem 50 milhões de euros, o equivalente a R$ 216,5 milhões. Bom, caso o brasileiro vá para Old Trafford, o “Teatro dos Sonhos”, as casas de apostas vão pagar R$ 1,91 a cada real aplicado por você, segundo o Oddsshark.com. Uma troca entre os dois rivais ingleses não é nenhuma novidade, não. Em 2014, o meia espanhol Juan Mata saiu do lado azul e foi para o vermelho.

O United não está sozinho no interesse pelo jogador. O Barcelona havia demonstrado vontade em ficar com ele. Só que na semana passada os culés anunciaram o também brasileiro Malcom, do Bordeaux, que estava praticamente acertado com a Roma, da Itália. Essa transferência reduz as chances de Willian. Mas, sabe como é futebol, né? A verdade de hoje é a mentira de amanhã. De acordo com o Oddsshark.com, os atuais campeões espanhóis rendem R$ 8,00 por 1 se abrirem o bolso novamente.

Outra possibilidade é de Willian continuar no Chelsea. Vale lembrar que o comando técnico mudou. Saiu o italiano Antonio Conte para a entrada do compatriota Maurizio Sarri, que fez cinco boas temporadas à frente do Napoli, da Itália. Ao ser apesentado, no último dia 18, o ex-bancário elogiou o brasileiro de maneira inusitada. “Tem muita qualidade. Pode correr rápido, muito rápido, e farei uso desta característica aqui no clube. Ele será um dos irão buscar cigarros para mim no dia a dia.” Ficar no atual clube rende R$ 1,00.

Como Willian foi na Copa do Mundo?

Nos campos russos, Willian poderia ter tido apresentações melhores. Ele parecia não se sentir tão à vontade dentro de campo, tendo dificuldades para driblar os adversários. Sem dúvida alguma, o melhor jogo dele foi o segundo tempo contra o México, no 2 a 0 das oitavas de final. Na etapa inicial, Willian estava irreconhecível. Na volta do intervalo, foi outro atleta totalmente diferente. No maior evento esportivo do planeta, ele não fez nenhum golzinho.

Carreira

Willian chegou ao time profissional do Corinthians em 2006, quando se destacou e um ano depois foi contratado pelos ucranianos do Shakhtar Donetsk. A entrada no futebol do Velho Continente foi pelo Leste Europeu. Lá, no clube laranja e preto, ele conquistou o campeonato nacional (2012/2013, 2011/2012, 2010/2011, 2009/2010 e 2007/2008), a Taça da Ucrânia (2012/2013, 2011/2012,20100,20011 e 2007/2008), a Supertaça da Ucrânia (2010/11 e 2008/2009), e Liga Europa (2008/2009).

Na temporada 2012/2013 foi a hora de chegar na Rússia para defender o emergente Anzhi. Na equipe amarela, que chegou a ser comandada pelo ex-lateral brasileiro Roberto Carlos, ele não conseguiu nenhum troféu. A chegada ao Chelsea aconteceu em agosto de 2013.Até o momento, em Stamford Bridge, Willian faturou a Premier League (2016/2017 e 2014/2015), a Copa da Inglaterra (2017/2018) e a Taça da Liga Inglesa (2014/2015).

Se somarmos todos os números da carreira profissional deste jogador na Europa, veremos que ele tem 491 partidas, gerando 33.481 minutos em campo, além de 84 gols marcados e 110 assistências. Cartões amarelos foram 39. Pela Seleção Brasileira foram 62 jogos, com 3.626 minutos, 8 gols e 14 passes para os companheiros empurrarem a bola para o fundo da baliza. A primeira vez que foi chamado foi com o Mano Menezes, quando tinha 23 anos, na vitória de 2 a 0 sobre o Gabão, em amistoso, no dia 10 de novembro de 2011.

Confira as cotas para possível transferência de Willian:

– Chelsea – R$ 1,00

– Manchester United – R$ 1,91

–  Barcelona – R$ 8,00

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).