Fatos, números e curiosidades de França 4×2 Croácia

Na 900ª partida da história dos Mundiais, os franceses conquistaram o bicampeonato na final com mais gols desde 1966. Dos bicampeões, Uruguai e Alemanha também demoraram 20 anos para conquistar sua segunda taça, enquanto Itália, Brasil e Argentina o fizeram em intervalo de tempo bem menor.

Fatos relacionados às finais de Copas

– Essa foi a quinta vez que uma equipe já campeã venceu um estreante em finais. As vitórias dos estreantes foram em 1966 (Inglaterra contra a campeã Alemanha) e 1998 (França contra o tetracampeão Brasil).

– Desde 1990, pelo menos uma das finalistas ficava sem marcar na decisão, com exceção de 2006. O curioso é que em todas as 13 Copas do Mundo anterior (1930-1986) as duas equipes marcaram gols.

– A final de 2018 foi a quarta com pelo menos seis gols. A final com maior número de gols aconteceu em 1958, quando o Brasil fez 5×2 na Suécia.

– Desde 1986, três jogadores de uma mesma equipe não marcavam gols em uma mesma final.


– O pênalti convertido por Griezmann foi apenas o quinto em finais.

– Apenas a decisão de 1958 teve uma diferença de idade maior, entre as equipes, que a de 2018.

– Antes dos gols de Pogba e Mbappé, apenas quatro outros gols em finais haviam sido marcados de fora da área, o último em 1982.

– Kylian Mbappé foi o terceiro jogador mais jovem a disputar uma final de Copa, apenas o quarto adolescente a fazê-lo (considerando 1950). Foi o segundo mais jovem a marcar em uma decisão, atrás apenas de Pelé, que marcou aos 17 anos em 1958.

 

– Mario Manduzkic é apenas o sexto jogador a marcar em finais de Copas e de Liga dos Campeões.Marcaram em finais da Liga dos Campeões e do Campeonato do Mundo.

– Aliás, uma curiosidade envolve o nome Mario em finais de Copas.

– Uma última curiosidade envolveu o horário da partida final.

Fatos relacionados à história das Copas

– Didier Deschamps se tornou o terceiro campeão do mundo como jogador a conquistar a taça também como técnico. Ao lado de Franz Beckenbauer, ele é o único que erguera a taça também como capitão.

– Mario Mandzukic é apenas o segundo jogador a marcar contra e a favor em uma mesma partida de Mundial, ao lado do holandês Ernie Brandts.

– O argentino Néstor Pitana chegou às nove partidas em Copas, isolando-se como o segundo juiz que mais apitou.

– Kylian Mbappé foi apenas o terceiro adolescente a marcar quatro gols em uma Copa do Mundo, ao lado de Pelé e do alemão Conen, em 1934.

– O elenco francês é o quarto mais jovem a vencer um Mundial.

– Segundo levantamento de Ricardo Spinelli, a França foi o segundo campeão com menor posse de bola na história.

– Os franceses conseguiram terminar o primeiro tempo com apenas um chute a gol, mas dois gols marcados.

Fatos relacionados ao confronto e ao Mundial de 2018

Cinco clubes tinham representantes nos dois finalistas: Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Juventus e Mônaco.

– Além de Mandzukic, apenas o russo Cheryshev marcou gols a favor e contra no Mundial da Rússia.

Fatos relacionados à França

– Antoine Griezmann é agora o francês com mais gols em mata mata de grandes competições.

– Uma curiosidade marcou os gols da França nesse Mundial: tanto no primeiro quanto no último jogo houve, ao seu favor, gols contra e gols de pênaltis assinalados pelo VAR.

– Didier Deschamps participou de quatro das seis finais francesas em grandes competições.

– A França nunca perdeu uma partida na qual Griezmann marcou. São 18 vitórias e 2 empates.

Fatos relacionados à Croácia

Ivan Perisic tem agora cinco gols em Mundiais pela Croácia, apenas um a menos que o recordista Davor Suker. Ele é o jogador que mais participou de jogadas decisivas em grandes competições pela equipe.

– Luka Modric se tornou, isoladamente, o croata com mais partidas em Copas.

Fatos relacionados às premiações e outros títulos

– O último Bola de Ouro campeão de um Mundial foi Romário, em 1994.

– Raphaël Varane se tornou o 11º jogador a ser campeão de clubes europeu e ser campeão da Copa em um mesmo ano. Aliás, Varane, desde 2016, venceu todas as competições internacionais das quais participou, no Real Madrid e na Seleção Francesa.


Pleno de Raphaël Varane en los torneos internacionales que ha jugado los tres últimos años:

– Do lado contrário, Dejan Lovren foi o 12º jogador a perder a final da Liga dos Campeões (e antecessores) e Copa em um mesmo ano.

Quatro dos campeões mundiais sub-20 de 2013 repetiram o feito na categoria adulto, em 2018: Alphonse Aréola, Samuel Umtiti, Paul Pogba e Florian Thauvin. Agora são 14 os jogadores que atingiram tal façanha.

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.