Inglaterra é favorita para vencer a Croácia e disputar a final da Copa pela segunda vez

  • por Victor Gandra Quintas
  • 4 Meses atrás

Para o duelo da semifinal em Moscou, ingleses não contam com desfalques

Vinte oito anos. Este foi o tempo que os ingleses ficaram afastados de uma disputa de semifinal de Copa do Mundo. A última vez foi contra em 1990, contra a Itália. Na ocasião, eles foram derrotados por 2 a 1. A chance de reescrever um novo capítulo da história é nesta quarta-feira, 11 de julho, às 15h, horário de Brasília, no Estádio Lujniki, situado na capital Moscou. O adversário é a Croácia.

Quantas vezes você ouviu que o English Team era cavalo paraguaio? Ninguém dava crédito aos súditos da rainha.  Em todo início de Mundial, eles eram vistos como favoritos, mas quando chegava na hora do vamos ver sempre decepcionavam. Em 2018, o papo é outro, meu amigo!

O trabalho feito nas divisões de base tem surtido bastante efeito. Eles faturaram os mundiais Sub-17 e Sub-20, o Europeu Sub-19, e foram vice-campeões no mesmo torneio Sub-17 e Sub-21. Inicialmente, a expectativa era que o projeto desenvolvido em categorias menores gerasse resultado no time profissional na Copa de 2022, que acontecerá no Qatar. Podemos ver a Inglaterra levantar o sonhado troféu antes, hein! De acordo com os números divulgados pelo Oddsshark.com, os campeões de 1966 estão avaliados em R$ 3,75 a cada real investido por você nas casas de apostas. Chegar à final rende R$ 1,61, enquanto que ser eliminado na semifinal paga R$ 2,30.

O cara do time

O atacante Harry Kane fez uma temporada 2017/2018 bem positiva vestindo a camisa do Tottenham. Na Premier League, ele marcou 30 gols, somente dois gols a menos que o egípcio Mohamed Salah, do Liverpool. Para o Mundial, o Furacão manteve a pontaria afiada. Atualmente, ele é o artilheiro isolado com seis gols marcados e o grande favorito para ficar com o prêmio Chuteira de Ouro. Kane gera R$ 1,14 por 1.

Velha arma

É notório e evidente que o futebol inglês evoluiu muito nos anos passados dentro das quatro linhas, com mais toque de bola, sem tanto chuveirinho. Só que nesta Copa do Mundo, dos 11 gols marcados, seis foram feitos com a bola aérea – tão tradicional na Terra da Rainha. É mais do que compreensível, o treinador Gareth Southgate tem jogadores altos como Eric Dier, Harry Kane, Ashley Young e Gary Cahill. Tem é mais que jogar pelo alto mesmo. Os outros gols foram três de pênaltis e dois com a bola rolando.

Possível escalação

Ao que tudo indica, Southgate não deve ter nenhum desfalque para encarar os croatas, vai poder contar com a formação máxima. O time deve ser: Pickford; Maguire, Stones e Walker; Young, Lingard, Henderson, Dele Alli e Trippier; Harry Kane e Sterling. Normalmente, a Inglaterra joga no esquema 3-5-2.

Há potencial para fazer mais

Em conversa com a imprensa na entrevista coletiva, o volante Eric Dier, do Tottenham, afirmou que a sua seleção ainda pode fazer mais coisas positivas na Rússia. “Não acho que tivemos sucesso ainda. Sucesso é difícil de definir, mas na minha visão e de todo mundo não é isso ainda. Estamos com fome por mais, queremos mais. Esperamos conseguir isso. Estamos focados como nunca. Não houve queixas, nenhum outro assunto que não fosse o jogo contra a Croácia.”

Para o atleta britânico, o sucesso para a boa campanha se deve ao bom relacionamento entre todos jogadores do elenco. “Não temos egos. É fácil ver como jogamos, com os 23 atletas. A gente coloca de lado qualquer interesse pessoa para ser bem sucedido como uma seleção. Todos estão lutando para ajudar o outro, se apoiando nos treinos. A atitude é fantástica, a mentalidade”, concluiu.

Mais palpites para o jogo com a Croácia

Segundo o Oddsshark.com, uma vitória qualquer da Inglaterra na quarta-feira contabiliza R$ 2,37, contra R$ 3,50 do triunfo da Croácia. Caso os ingleses conquistem o resultado positivo no primeiro tempo e empatem o segundo, a quantia dá um upgrade para R$ 15,00. Já se vencer a etapa inicial e perder a seguinte, você ganha ainda mais: R$ 41.00. A conquista da vaga na final por meio da prorrogação ou das penalidades geram R$ 10,00, para ambas as situações. Ainda nas dicas do Oddsshark.com, se Harry Kane marcar o primeiro ou o último gol da partida, o retorno é de R$ 4,33. O tento a qualquer momento tem a cota de R$ 2,20 por 1. Para você entender melhor como funciona o mundo das apostas, acesse este link aqui

Histórico de confrontos

Em sete jogos realizados, foram quatro resultados positivos ingleses e dois croatas. Empate tivemos apenas um. O compromisso mais recente foi disputado em 2009, nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Na ocasião, a Inglaterra enfiou uma goleada de 5 a 1 no time da camisa quadriculada.

Campanha

A Inglaterra se classificou no segundo lugar do Grupo G, com seis pontos. Foram duas vitórias diante de Tunísia (2 a 1) e Panamá (6 a 1), além da derrota de 1 a 0 para a Bélgica. Nas oitavas de final, empate de 1 a 1 no tempo normal com a Colômbia e triunfo de 4 a 3. Em seguida, nas quartas, vitória mais tranquila de 2 a 0 sobre a Suécia.

Confira as cotas para as semifinais da Copa do Mundo:

Terça-feira (10 de julho)

15h – França (R$ 2,55) x (R$ 3,10) Bélgica. Empate: R$ 3,25

Quarta-feira (11 de julho)

15h – Inglaterra (R$ 2,37) x (R$ 3,50) Croácia. Empate: R$ 3,10

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).