Números, fatos e curiosidades de Bélgica 2×0 Inglaterra

Em uma partida aberta, os belgas garantiram a terceira colocação na competição, sua melhor marca da história, superando 1986. Os ingleses igualaram sua melhor campanha (assim como em 1990) desde o título mundial de 1966.

Fatos relacionados à história das Copas

– Houve poucos gols para uma partida de terceiro lugar, que tinha uma média de gols de 3,9 por partida antes de 2018. A última decisão de 3º com menos de três gols havia acontecido em 1974, quando os poloneses venceram os brasileiros por 1×0.

– Os belgas são a terceira seleção a vencer seis partidas em um Mundial e não ser finalista, igualando Polônia (1974) e Itália (1990). Além deles, a Holanda, vice em 2010, também alcançou seis vitórias sem levar a taça.

– A Inglaterra se tornou a quinta equipe semifinalista a ser derrotada três vezes durante a competição.

– Os belgas se tornaram a quinta equipe a vencer duas vezes um adversário em uma mesma edição de Copa. O último havia sido o Brasil, batendo a Turquia na fase de grupos e na semifinal em 2002.

– O terceiro lugar em Copas é quase uma exclusividade europeia. Apenas o Brasil (1938 e 1978) e o Chile (1962) não vieram do Velho Continente, em toda a história da competição  (excluindo 1930, no qual não houve a disputa). Essa foi a décima disputa exclusiva entre europeus (11ª se considerar 1950).

– Essa posição também tem uma pequena maldição envolvida: sete dos últimos nove europeus que terminaram em terceiro perderam a Euro seguinte. Apenas a Alemanha, em 2008 e 2012, quebrou a sequência.

– Os belgas igualaram o recorde de 10 jogadores diferentes marcando gols na competição, com a França de 1982 e a Itália de 2006.

– Na lista histórica dos Mundiais, os belgas são agora a décima seleção com mais vitórias.

– O gol de Thomas Meunier foi o quarto mais rápido da história em uma decisão de terceiro lugar.

 

Fatos relacionados ao confronto e ao Mundial de 2018

– Belgas e ingleses fizeram seu terceiro enfrentamento em Mundiais e a agora estão igualados no confronto. Em todos os torneios e amistosos, os belgas venceram apenas sua terceira partida, contra 15 dos ingleses e 5 empates.

– O gol de Meunier, aos 4 minutos, foi o mais rápido da história da Bélgica em Copas e também o mais rápido já sofrido pela Inglaterra.

– O lateral belga, ao lado do colombiano Mina, foi o zagueiro com mais participação em gols nesse Mundial.

Fatos relacionados à Bélgica

– Romelu Lukaku terminou o Mundial como o maior goleador belga em Copas, ao lado de Marc Wilmots, com 5 gols.

– Eden Hazard participou de sete gols belgas na competição, melhor marca da história do país, ao lado de Jan Ceulemans.

– Courtois se isolou como o goleiro com mais jogos pela Bélgica.

– Uma curiosidade envolve o francês Thierry Henry, que era assistente técnico da Bélgica na competição.

– Uma estatística “inútil” encerra as estatísticas belgas nesse Mundial.

Fatos relacionados à Inglaterra

– A Inglaterra fez sua centésima partida em um grande torneio, a 69ª em Copas.

– Harry Kane se tornou o segundo inglês artilheiro de um Mundial, repetindo os 6 gols de Gary Lineker em 1986.

 

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.