Números, fatos e curiosidades de Espanha 1 x 1 Rússia (3×4)

Na abertura do domingo, os espanhóis foram eliminados pelos anfitriões russos, após trocar mais de 1.000 passes de forma quase que inútil. Seguem os melhores dados, curiosidades e fatos da eliminação espanhola.

Fatos relacionados à história das Copas

– Aleksandr Yerokhin, aos 7 minutos da prorrogação, entrou para a história como o primeiro jogador a ser o “quarto substituto” em uma partida de Copa. Ele entrou no lugar de Daler Kuziaev. Foi a primeira partida da história dos Mundiais com 8 substituições.

– A Espanha teve um pênalti marcado contra pela nona vez, ficando atrás apenas de Brasil (13), Argentina (10) e França (10) na história dos Mundiais.


– Sergei Ignashevich é o jogador mais velho a marcar um gol contra em Copa, com 38 anos e 352 dias. Foi também o quarto gol contra mais rápido.

– A Rússia se tornou apenas a segunda equipe a marcar 2 gols contras em um mesmo Mundial, repetindo a Bulgária de 1966.

Fatos relacionados ao confronto e à Copa de 2018

– A Espanha tinha vencido as quatro partidas anteriores com a Rússia/URSS em grandes competições, todas em Euros.

– Artem Dzyuba é o primeiro jogador a marcar em três partidas diferentes desse Mundial (Arábia Saudita, Egito e Espanha).

Fatos relacionados ao domínio territorial espanhol

– A Espanha se tornou a primeira seleção a dar mais de 1.000 passes durante uma partida de Copa do Mundo.


– No tempo normal, foram 770 passes completados, também um recorde.

– Assim como no primeiro tempo…


– Sérgio Ramos, Isco e Alba, nessa partida, ficaram entre os 4 jogadores que mais toques na bola deram em uma partida dessa Copa.


– Os 141 passes acertados por Sérgio Ramos foram o recorde de um jogador em Copa.

Fatos relacionados à Espanha

– Os espanhois foram eliminados mesmo mantendo sua invencibilidade, agora em 24 partidas (15 vitórias e 9 empates) desde as oitavas de final da Euro 2016, contra a Itália. São também 24 partidas marcando gols, sua maior marca da história.

– Foi a segunda vez que a Espanha foi eliminada de um Mundial de forma invicta (2002 foi a outra, também para um dos anfitriões).

– Sérgio Ramos se tornou o espanhol com mais partidas disputadas em Copas, ao lado de Iker Casillas.

– A única vez que os espanhóis venceram um duelo de mata mata (ou segunda fase) de Copa na Europa foi em 1934, 3×1 contra o Brasil. São 7 partidas desde então, sempre sem vitória.

– Gerard Piqué se tornou o único espanhol a cometer dois pênaltis em Copas.

– Os espanhóis nunca venceram um anfitrião em grandes competições.

Continúa la maldición de #España?? contra anfitriones en Copas del Mundo. pic.twitter.com/54oY4lq9Gi

España NUNCA GANÓ al anfitrión en Mundial/Eurocopa

– Os espanhois perderam sua terceira disputa de pênaltis em Copas.

– Após 21 partidas seguidas sendo titular, Andrés Iniesta começou a partida no banco de reservas.


Fatos relacionados à Rússia

– A Rússia alcançou as quartas de final de um Mundial pela quinta vez. As outras quatro foram ainda como URSS, na sequência 1958-1970. A única “terceira fase” de sua história foi em 1966, quando ficou em quarto. Como país independente, a única outra vez que os russos ficaram entre os oito melhores em uma competição (excluindo a Copa das Confederações) foi na Euro de 2008.

– Pela segunda vez (1966 foi a outra), dois russos marcaram pelo menos 3 gols em uma mesma Copa do Mundo.

– Os russos continuam sem vencer uma seleção europeia em Copas há 32 anos, desde a goleada sobre a Hungria (6×0), em 1986. São 2 empates e 5 derrotas desde então.

Fatos relacionados à posição de anfitriã da Rússia

– Na sétima disputa de penalidades envolvendo um anfitrião, foi a quinta vitória, exatamente nas últimas cinco.

Siete selecciones anfitrionas disputaron tandas de penaltis en su Mundial. Se clasificaron cinco y cayeron dos: —??México (1986 vs Alemania) —??Italia (1990 vs Argentina)

– (descanso) – Rusia (sumando su etapa como Unión Soviética) no le gana a una selección europea en Copas del Mundo desde hace 32 años y 29 días, cuando en 1986 goleó a Hungría 6-0. Después de esa media docena contra los magiares empató 1 y perdió 5

– Apenas quatro jogadores de países anfitriões marcaram gols contra em Mundiais (2 foram russos em 2018).

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.