Apoio do torcedor é o trunfo de São Paulo e Fluminense nesta quinta de Copa Sul-Americana

  • por Victor Gandra Quintas
  • 8 Meses atrás

Paulistanos encaram o Colón, da Argentina, enquanto que cariocas duelam com o Defensor, do Uruguai

Dois tricolores do nosso futebol, São Paulo e Fluminense, entram em campo na noite desta quinta-feira, 2 de agosto, nos jogos de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. O primeiro time a jogar é o da capital paulista, às 19h30, horário de Brasília, no Estádio do Morumbi. O adversário vai ser o Colón, da Argentina. Aproveite para ganhar uma graninha extra com ajuda do Oddsshark.com.

Não tem momento melhor para os são-paulinos jogarem pelo segundo torneio de clubes mais importante da América do Sul. Eles são vice-líderes do Campeonato Brasileiro e estão em total harmonia com o torcedor. Pensando em preservar alguns jogadores por conta do grande número de jogos para pouco tempo de recuperação, o técnico Diego Aguirre deve poupar alguns atletas. Perguntado sobre quais são os escolhidos, o uruguaio não falou claramente. “Os que mais se desgastam, pela posição do campo, são Rojas e Everton, que correm mais distância. São os que podem sentir mais. Com a sequência de jogos, quando joga domingo e quarta os 90 minutos, é que começa a ter riscos de lesão. Temos que avaliar. Não queremos mudar muito, porque estamos bem, mas às vezes é necessário trocar alguma peça para que o time não perca a identidade.”

A invencibilidade do São Paulo em casa é de 14 partidas, somando 10 resultados positivos e 4 empates. A última derrota foi no Campeonato Paulista, no 1 a 0 para o Santos, no dia 18 de fevereiro de 2018. Boa parte do mérito é do Aguirre. Antes, o clube vivia uma grande crise dentro das quatro linhas. Com a sua chegada, em 11 de março deste ano, ele acertou esta equipe. É só dar tempo para o cara trabalhar que ele vai bem, meu amigo.

Também temos que ressaltar que a contratação do meia Everton, vindo do Flamengo, juntamente com Nenê e Diego Souza, que já estavam no plantel. O trio deu um belo salto de qualidade ao time.

O Colón ainda não estreou no Campeonato Argentino, mas no último dia 21 venceu o Deportivo Moron pela copa nacional nos pênaltis por 4 a 3, depois de empatar em 1 a 1. Na temporada passada, o Rubro-Negro ficou na 11ª colocação da liga local, que contou com 28 participantes. De acordo com o Oddsshark.com, o favoritismo é total do São Paulo, avaliado em R$ 1,53, contra R$ 9,00 dos nossos vizinhos.

A escalação caseira pode ser formada por: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves (ou Arboleda), Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Araruna e Nenê (ou Lucas Fernandes); Everton (ou Brenner), Diego Souza (ou Gonzalo Carneiro) e Rojas.

Fluminense x Defensor

No Maracanã, às 21h45, o Tricolor das Laranjeiras busca retomar o caminhos das vitórias e provar que a derrota para o Ceará por 1 a 0, sábado passado, foi apenas um tropeço. Antes deste revés em Fortaleza, o time comandando por Marcelo Oliveira, contratado na pausa para a Copa do Mundo, o Fluminense vinha de vitórias sobre Palmeiras (1 a 0) e Sport (2 a 1), e um empate com o Vasco (1 a 1). Neste período, o destaque continou sendo o atacante Pedro. O jovem, de 21 anos, está com 17 gols na temporada, tendo o seu nome apontado em futuras transferências para o futebol do Velho Continente. Olho vivo no moleque!

O atacante Junior Dutra é desfalque em função de um edema na coxa esquerda. Marcos Junior deve ocupar o lugar deixado pelo companheiro, porém Everaldo, Matheus Alessandro e Pablo Dyego correm por fora. O zagueiro Digão está inscrito na competição e pode jogar sem problemas.

Na conversa com os jornalistas ontem, nas Laranjeiras, Marcelo Oliveira analisou o adversário uruguaio. “Time de boa tradição no Uruguai. Já joguei lá, enfrentei na Libertadores pelo Cruzeiro. É a terceira força do país, um time muito perigoso. O futebol uruguaio é sempre muito competitivo e eles encaram esse tipo de competição com toda entrega. Certamente teremos dificuldades no jogo.”

Na primeira fase da Sul-Americana, o Fluzão passou pelo Nacional de Potosí, da Bolívia, vencendo em casa por 3 a 0, e perdendo fora por 2 a 0. O Defensor, que veio da Libertadores, é o sexto colocado com três pontos em duas rodadas disputadas até o momento. Igual ao primeiro duelo do dia, os cariocas rendem a menor cota, R$ 1,53. O time roxo paga R$ 8,00 se voltar para casa com a vantagem no mata-mata, segundo o Oddsshark.com.

O Tricolor deve ir a campo com: Júlio César; Gilberto, Gum, Digão, Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Mateus Norton e Sornoza; Marcos Junior e Pedro.

Confira os jogos desta semana da Copa Sul-Americana:

Terça-feira (31 de julho)

19h30 – El Nacional (Equador) (R$ 1,25) 1 x 0 (R$ 15,00) Defensa y Justicia (Argentina). Empate: R$ 5,00

19h30 – Jorge Wilstermann (Bolívia) (R$ 1,72) 2 (5) x (6) 2 (R$ 5,00) Deportivo Cuenca (Equador). Empate: R$ 3,20

21h45 – Independiente Santa Fe (Colômbia) (R$ 1,28) 2 x 0 (R$ 13,00) Rampla Junior (Uruguai). Empate: R$ 4,75

Quarta-feira (1º de agosto)

19h30 – Nacional (Paraguai) (R$ 2,70) 2 x 1 (R$ 2,80) Botafogo (Brasil). Empate: R$ 3,00

21h45 – Banfield (Argentina) (R$ 1,44) x (R$ 9,50) Boston River (Uruguai). Empate: R$ 3,75

Quinta-feira (2 de agosto)

19h30 – São Paulo (Brasil) (R$ 1,53) x (R$ 9,00) Colón (Argentina). Empate: R$ 3,50

21h45 – Bolívar (Bolívia) (R$ 1,40) x (R$ 8,00) Deportivo Cali (Colômbia). Empate: R$ 4,50

21h45 – Fluminense (Brasil) (R$ 1,45) x (R$ 8,00) Defensor Sporting (Uruguai). Empate: R$ 3,80

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).