Fora de casa contra o Cerro Porteño, Palmeiras é favorito na partida de ida das oitavas da Libertadores

  • por Victor Gandra Quintas
  • 2 Meses atrás

Por outro lado, time mandante vive bom momento diante de seus torcedores

O grande desejo de todo palmeirense atualmente é o bicampeonato da Taça Libertadores da América. Hoje, nesta quinta-feira, 9 de agosto, às 21h45, horário de Brasília, o Alviverde encara os paraguaios do Cerro Porteño, fora de casa, no Estádio General Pablo Rojas, em Assunção, pela partida de ida das oitavas de final. Será o segundo jogo sob o comando do treinador Luiz Felipe Scolari em 2018.

Para o importante duelo, o atacante Willian e o lateral-direito Marcos Rocha são os desfalques por conta de lesões musculares. O Palmeiras chega na fase mata-mata depois de ter feito a melhor campanha do torneio sul-americano. No Grupo 8, o antigo Palestra Itália se classificou de maneira bem tranquila, chegando aos 16 pontos em 5 vitórias e 1 empate, além de ter marcado 14 gols e sofrido apenas 3. Os adversários foram o poderoso Boca Juniors, da Argentina; o Alianza Lima, do Peru; e o Junior Barranquilla, da Colômbia. Vale destacar que os paulistanos venceram o Boca dentro da temida e folclórica La Bombonera, em Buenos Aires, no dia 25 de abril, pelo placar de 2 a 0. De lá para cá, a única baixa significativa foi o atacante Keno, que se transferiu para o Pyramids, do Egito.

O momento do Verdão é de reafirmação. Felipão assumiu o comando, de fato, não tem nem uma semana e o time vai assimilando as suas ideias. No Campeonato Brasileiro, o Palmeiras ocupa apenas a sexta colocação com 27 pontos, 7 a menos que o líder São Paulo. Por isso também, fica evidente que o clube está privilegiando o torneio internacional, mesmo com jogadores e comissão técnica não afirmando publicamente. No domingo passado, empate sem graça de 0 a 0 com o América Minero na Arena Independência, em Belo Horizonte. Na ocasião, alguns dos principais atletas do elenco foram poupados.

Atuando como visitante, o Porco tem encontrado muita dificuldade para vencer, tanto que em 5 cinco jogos teve 3 igualdades, 1 resultados positivo e 1 negativo. Em partidas oficiais, o triunfo mais recente foi o 2 a 0 contra o Grêmio, em Porto Alegre, no dia 6 de junho.

Felipão deve escalar os seguintes atletas: Weverton, Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés e Lucas Lima (ou Gustavo Scarpa); Dudu e Borja (ou Deyverson).

Segundo números divulgados pelo Oddsshark.com, mesmo fora de casa, o Palmeiras é visto como favorito, cotado em R$ 2,50 a cada R$ 1,00 aplicado por você nas apostas. Confesso que é surpreendente, porque diante de sua torcida, o Cerro sustenta uma invencibilidade de 6 compromissos, sendo 5 vitórias e 1 empate. No Campeonato Paraguaio, que teve quatro rodadas até agora, o time azul e vermelho é o líder com 8 pontos.

No Grupo A, o Cerro teve 13 pontos e ficou atrás do atual campeão Grêmio por apenas 1 ponto. Foram 4 vitórias, 1 derrota e 1 empate. “Sabemos que são 180 minutos, independente do resultado que tivermos em casa. Não podemos subestimar nada, vamos jogar os primeiros 90 minutos e depois mais 90. É um objetivo muito grande que temos”, disse o técnico Luis Zubeldía. Os mandantes pagam R$ 3,20, se vencerem.

Histórico de confrontos

O passado colocou brasileiros e paraguaios cara a cara dentro das quatro linhas em 8 ocasiões. A vantagem é palmeirense com 3 triunfos, contra apenas 1 do adversários. Empates foram registrados 4.  Certamente, o encontrou que mais marcou este duelo foi em 2006, também pela Libertadores. Na oportunidade, o Palmeiras conseguiu se classificar mesmo com a derrota de 3 a 2, porém o que mais chamou atenção foi a pancadaria generalizada que ocorreu no Palestra Itália. O placar mais comum no embate quando é disputado no Paraguai é de 0 a 0. Logo mais, este marcador propicia o retorno de R$ 6,50 por 1, mostra o Oddsshark.com.

Outros palpites

Gols para os dois times geram R$ 2,05. Uma vitória de 2 a 1 para os visitantes paga R$ 11,00, R$ 5,50 a menos que o marcador de 1 a 1. Agora, 1 a 0 para os anfitriões tem o valor de R$ 7,50, conforme o Oddsshark.com. O resultado positivo em um dos tempos de jogo rentabiliza R$ 2,10 e R$ 1,80, para Cerro e Palmeiras, respectivamente.

Confira os jogos desta semana da Libertadores da América 2018:

Terça-feira (7 de agosto)

21h45 – Estudiantes (R$ 1,66) 2 x 1 (R$ 6,50) Grêmio. Empate: R$ 3,40

Quarta-feira (8 de agosto)

19h30 – Boca Juniors (R$ 1,40) 2 x 0 (R$ 9,00) Libertad. Empate: R$ 3,40

21h45 – Flamengo (R$ 1,95) 0 x 2 (R$ 4,25) Cruzeiro. Empate: R$ 3,20

21h45 – Colo-Colo (R$ 2,50) 1 x 0 (R$ 3,20) Corinthians. Empate: R$ 2,87

Quinta-feira (9 de agosto)

19h30 – Racing (R$ 2,30) x (R$ 3,10) River Plate. Empate: R$ 3,00

21h45 – Atlético Tucumán (R$ 2,62) x (R$ 3,00) Atlético Nacional. Empate: R$ 2,87

21h45 – Cerro Porteño (R$ 3,20) x (R$ 2,50) Palmeiras. Empate: R$ 2,87

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).