Forte na Arena da Baixada, Atlético Paranaense é o primeiro desafio de Alberto Valentim no Vasco

  • por Victor Gandra Quintas
  • 8 Meses atrás

Jogo vale pelo Campeonato Brasileiro

Em meio aos jogos das oitavas de final da Libertadores da América, Atlético Paranaense e Vasco se enfrentam na Arena da Baixada, em Curitiba. O jogo desta quarta-feira, 29 de agosto, às 19h30, horário de Brasília, é válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, adiado anteriormente.

No domingo passado, em São Januário, o Cruzmaltino finalmente conseguiu acabar com o jejum de dois empates e uma derrota ao bater a Chapecoense por 3 a 1. Este resultado deixou os cariocas na 13ª colocação da tabela com 24 pontos, apenas três a mais que a Chape, primeiro time da zona de rebaixamento. Contra o Furacão é confronto direto, já que o Rubro-Negro também tem 21 pontos no 16º lugar.

Em entrevista coletiva, o volante Raul, titular nos últimos compromissos, falou sobre o desafio no Sul. “O torcedor pode esperar é um time bem concentrado. Demonstramos um foco muito grande nos últimos jogos. Sabemos que será um jogo muito difícil, pois a equipe do Atlético vem numa crescente, assim como nós. Acredito que será uma grande partida e iremos fazer de tudo para voltar de lá com uma vitória. Estamos hoje no meio da tabela, mas nosso objetivo é brigar lá em cima. Temos uma meta dentro da competição e só iremos atingí-la se conseguirmos pontuar.”

A grande lamentação dos vascaínos é a ausência do atacante Maxi López por conta do terceiro cartão amarelo. Diante do Índio Condá, o argentino fez um gol e participou dos outros dois. O também hermano Andrés Ríos deve ficar com a vaga no ataque.

A grande novidade do Gigante da Colina não estará dentro das quatro linhas, mas, sim, no banco de reservas. Será a estreia do técnico Alberto Valentim. Não espere grandes mudanças na equipe. Ele chegou ao Brasil na segunda-feira passada, vindo do Egito. As primeiras instruções do novo comandante acontecerá na base da conversa mesmo. Vamos ver se surtirá efeito logo. Como visitante, o retrospecto do Vasco é horroroso. Em oito jogos, foram quatro empates e quatro derrotas.

De acordo com o Oddsshark.com, os visitantes são os azarões para o duelo, avaliados em R$ 5,00 a cada R$ 1,00 aplicado.

Para complicar a vida da formação da Cidade Maravilhosa, o Atlético Paranaense vive uma de suas melhores fases no Brasileirão. São cinco jogos de invencibilidade na competição, somando três triunfos e duas igualdades. A Arena da Baixada voltou a ser a fortaleza que era antes. São cinco vitórias seguidas, com 11 gols feitos e apenas 1 levado.

Com uma entorse no tornozelo, o experiente zagueiro Thiago Heleno continua de fora, se recuperando. Léo Pereira, Zé Ivaldo e Wanderson são as opções para a vaga. Já o volante Wellington fica de fora por pertencer ao Vasco. Os atleticanos, também conforme o Oddsshark.com, pagam R$ 1,72.

Apesar da fase positiva, o treinador Thiago Nunes ressaltou as dificuldades que a formação paranaense irá encontrar logo mais. “O Vasco vem de um empate com o Atlético Mineiro e uma vitória em casa. Tem a mudança de treinador, que motiva os atletas. É uma equipe muito tradicional e está crescendo de produção. Nós estamos em um nível alto de confiança. Dentro de casa, com o apoio do torcedor, criamos a expectativa de jogar bem e buscar a vitória.”

Vale lembrar que o Furacão ainda tem um encontro atrasado para fazer com a Chapecoense, assim como o Vasco tem com o Santos.

Possíveis escalações

Atlético Paranaense: Santos; Jonathan, Léo Pereira, Zé Ivaldo e Renan Lodi; Wellington, Lucho González e Raphael Veiga; Bruno Nazário, Pablo e Marcinho.

Vasco da Gama: Martín Silva; Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Desábato, Raul e Andrey; Yago Pikachu, Andrés Ríos e Wagner.

Histórico de confrontos

No aspecto geral de jogos, o Vasco tem uma vantagem de 20 vitórias, contra 13 triunfos do Atlético Paranaense. Empates foram registrados 11. Porém, na Arena da Baixada, o clube da colônia portuguesa não consegue se impor. Lá, neste estádio, a história contabiliza apenas dois resultados positivos, novo negativos e cinco igualdades. Os placares mais comuns para os mandantes são de 3 a 1 e 2 a 2, proporcionando o retorno de R$ 17,00 e R$ 19,00, respectivamente, segundo o Oddsshark.com nas casas de apostas.

A última vez que os Cruzmaltinos voltaram para o Rio de Janeiro com o triunfo foi no 4 a 2 da Copa Sul-Americana disputado no dia 15 de agosto de 2007. Faz tempo, hein?

Confira os jogos atrasados do Campeonato Brasileiro:

Quarta-feira (29 de agosto)

19h30 – Atlético Paranaense (R$ 1,72) x (R$ 5,00) Vasco. Empate: R$ 3,50

19h30 – Ceará (R$ 2,50) x (R$ 3,00) Bahia. Empate: R$ 3,00

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).