Rodada inaugural da Liga das Nações tem Alemanha x França e Inglaterra x Espanha

  • por Victor Gandra Quintas
  • 7 Meses atrás

Campeonato é a nova aposta da UEFA para dar competitividade às seleções

Depois da Copa do Mundo, disputada em junho e julho deste ano, as seleções europeias voltam a campo nos próximos dias da semana. Os jogos valem pela a recém-criada Liga das Nações. Dividida em grupos com três participantes cada, a competição tem como objetivo reduzir a quantidade de amistosos e dar mais competitividade aos times. Ao todo, são quatro divisões. As equipes foram separadas de acordo com o ranking da UEFA. Os vencedores das chaves se classificam para as semifinais e os quatro piores são rebaixados.

Alemanha x França

Bicampeã mundial, a França estreia na Liga das Nações, por incrível que pareça, como zebra. O treinador Didier Deschamps manteve a base da equipe que foi vitoriosa na Rússia. A principal ausência é o goleiro Lloris, em virtude de uma lesão. Os atacantes Mbappé e Antoine Griezmann estão garantidos na formação titular e são esperanças de gol. Eles rendem, segundo o Oddsshark.com, R$ 2,87 e R$ 2,40, respectivamente.

Do outro lado, a tradicionalíssima e poderosa Alemanha dá início ao processo de refazer a sua imagem depois da pífia campanha em solo russo. Os germânicos ficaram pelo meio do caminho, sem passar pela fase de grupos, e ainda perderam para a Coreia do Sul quando brigavam por uma vaga nas oitavas de final.

O talentoso meia do Arsenal, da Premier League, Mesut Özil se aposentou da seleção. Ele, que é descendente de turcos, não concorda com posicionamentos políticos de seu país. Em compensação, a novidade na formação titular deve ficar por conta de Leroy Sané, que inexplicavelmente ficou de fora do elenco que foi para o Mundial. Parece que o técnico Joachin Low resolveu dar mais uma chance ao jovem atleta do Manchester City.

As casas de apostas indicam o franceses pagando R$ 2,80 por uma vitória, R$ 0,30 a mais que os alemães. Este jogo de estreia vale pelo Grupo 1, e acontece nesta quinta-feira, 6 de setembro, às 15h45, horário de Brasília, em Munique, no Allianz Parque. A Holanda também faz parte desta complicada chave.

Suíça x Islândia

No Grupo 2, Suíça e Islândia duelam no sábado, 8 de setembro, às 13h, em St. Gallen. Não são duas seleções fortíssimas para considerarmos de primeiro nível na Europa, no entanto, podemos ter um embate bem interessante. Trata-se de equipes com marcações bem fortes e que sabem atacar, assim como vimos na Copa. O favoritismo é caseiro, avaliado em R$ 1,72 por 1. Os suíços nunca perderam para os islandeses. Em seis jogos, foram cinco vitórias e dois empates. No encontro mais recente, disputado em 6 de setembro de 2013, empate movimentado de 4 a 4.

A Bélgica, considerado um time bastante talentoso atualmente, semifinalista na Rússia, tem boas chances de ficar com o primeiro lugar sem grandes problemas. Os belgas entram ação somente na segunda rodada contra a Islândia, na próxima terça-feira.

Itália x Polônia

Depois do fiasco de ter que acompanhar a Copa do Mundo pela televisão, a tetracampeã Itália finalmente fará jogos oficiais neste trabalho de reconstrução, comandado por Roberto Mancini. A estreia será na sexta-feira, 7 de setembro, às 15h45, no Estádio Renato Dall’Ara, casa do Bologna, da primeira divisão do Calcio.

Nós, brasileiros, temos dois representantes no plantel da Azurra. O volante Jorginho e o zagueiro Emerson foram convocados. Quem surpreendeu por retornar é o polêmico Balotelli. Nas duas apresentações dos italianos, em amistosos contra França e Holanda, foram uma derrota por 3 a 1, e um empate pelo placar de 1 a 1, respectivamente.

Como rival, a Itália terá a Polônia, que prometeu fazer uma boa campanha no maior torneio desportivo do planeta, mas nem passou da primeira fase. Quem também prometeu e nada fez dentro de campo foi o atacante Robert Lewandowski. Pelo Bayern de Munique, da Alemanha, ele é um matador nato. Na seleção, vem deixando a desejar. Caso o Lewa marque o primeiro ou último gol do duelo, você fica com R$ 3,60. Do o outro lado, a esperança para balançar as redes está depositada em Ciro Immobile, cotado com o mesmo valor do adversário.

Ainda conforme o Oddsshark.com, a Itália rende R$ 1,72, contra R$ 4,75 por 1 da Polônia. Portugal completa o Grupo 3.

Inglaterra x Espanha

Um outro jogaço fecha a primeira rodada no sábado, 8 de setembro, às 15h45, fecha a primeira rodada. Em Wembley, na cidade de Londres, os ingleses recebem os espanhóis pelo Grupo 4, enquanto que os croatas assistem de casa. Será a primeira vez que o English Team vai encontrar a sua torcida depois da boa campanha na Rússia, onde chegou à semifinal.

O técnico Gareth Southgate optou por promover cinco novas convocações. O goleiro Alex McCarthy fica no lugar de Nick Pope, lesionado. Os defensores Joe Gomez, James Tarkowski e Luke Shaw substituem Gary Cahill, Phil Jones e Ashley Young. O zagueiro Cahill e atacante Vardy decidiram se apesentar.

Quem continua defendendo a seleção britânica é Harry Kane, autor de seis gols na Copa, o que lhe garantiu o posto de artilheiro. No Tottenham, neste início de Premier League, o Furacão tem dois tentos em quatro jogos. Mais um gol dele paga R$ 2,25.

A Espanha, assim como a Itália, começa um novo processo de restruturação, agora sob o comando de Luis Henrique, ex-Barcelona. O goleador Diego Costa está fora, a pedidos dele mesmo, para acompanhar o nascimento do filho. Para chegar bem para a próxima Copa e Europa é necessário uma revitalização do vencedor elenco. O empate no fim de semana dá o retorno de R$ 3,10, indica o Oddsshark.com.

Confira os jogos da primeira rodada da Primeira Divisão da Liga das Nações:

Quinta-feira (6 de setembro)

15h45 – Alemanha (R$ 2,50) x (R$ 2,80) França. Empate: R$ 3,10

Sexta-feira (7 de setembro)

15h45 – Itália (R$ 1,72) x (R$ 4,75) Polônia. Empate: R$ 3,60

Sábado (8 de setembro)

13h00 – Suíça (R$ 1,72) x (R$ 5,25) Islândia. Empate: R$ 3,30

15h45 – Inglaterra (R$ 2,70) x (R$ 2,70) Espanha. Empate: R$ 3,10

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).