Vantagem do empate e favoritismos nas casas de aposta deixam o Grêmio mais perto da final da Libertadores

  • por Victor Gandra Quintas
  • 6 Meses atrás

Tricolor venceu o River Plate por 1 a 0 na semana passada em Buenos Aires

O Grêmio, tricampeão, está perto de disputar a sua sexta final de Taça Libertadores da América. Para confirmar o feito, os gaúchos precisam despachar o poderoso River Plate, da Argentina, nesta terça-feira, 30 de outubro, às 21h45, horário de Brasília, na Arena, em Porto Alegre. Como venceu no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, por 1 a 0, na semana passada, o time mandante por empatar em 0 a 0 que mesmo assim se classifica. Um novo 1 a 0, só que a favor dos hermanos, leva a disputa para os pênaltis.

No fim de semana, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, o treinador Renato Gaúcho optou por mandar a campo uma formação reserva diante do Sport, de Recife, em casa. Na ocasião, o Imortal Tricolor foi derrotado por 4 a 3. Diferente de como foi na partida de ida da competição continental, o atacante Everton deve estar em campo. Ele vem mostrando estar recuperado de uma lesão na coxa direita. Por outro lado, o também atacante Luan está vetado. O melhor jogador da Libertadores de 2017 não se recuperou de problemas no pé direito. Outro atleta que verá o jogo de fora das quatro linhas é o zagueiro Kannemann. Ele cumprirá suspensão automática por conta do terceiro cartão amarelo. Paulo Miranda e Bressan disputam a vaga.

A provável escalação do Grêmio deve ser formada por: Marcelo Grohe; Leonardo Gomes (ou Léo Moura), Geromel, Paulo Miranda (ou Bressan) e Cortez; Maicon, Michel, Ramiro, Cícero e Everton (ou Alisson); Jael.

Vale ressaltar que jogando dentro de casa, diante de seus torcedores, o clube do Rio Grande do Sul segue invicto na Liberta. Para os times visitantes é muito difícil voltar da Arena com um resultado positivo. Como é esperado, o triunfo tricolor está avaliado em R$ 2,15 a cada R$ 1,00 investido nas casas de apostas, de acordo com os números apresentados pelo Oddsshark.com. O atual campeão também contam com algumas marcas bem interessantes. Por exemplo, você sabia que o Grêmio tem o melhor ataque com 23 gols? A equipe também conseguiu três goleadas e é a que tem mais vitórias na temporada. Foram 8. Todo estes números justificam ainda mais o favoritismo de Renato Gaúcho e seus comandados.

“O que mais cobro é o foco e a concentração. Independente do adversário e onde é o jogo, o jogador tem que estar concentrado naquilo que está fazendo a partir do momento que o juiz apita. Tem que estar ligadíssimo o tempo todo, porque qualquer descuido pode ser fatal. Até nos treinamentos, para colocar na cabeça exatamente o que deve ser feito dentro do campo,” disse Renato.

O comandante também pediu o apoio em massa de seu torcedor durante os 90 minutos. “O mais importante de tudo é a torcida jogar junto com o time os 90 minutos. Independentemente do que acontecer dentro de campo, tem que jogar junto. Somos uma equipe que está acostumada a jogar Libertadores, campeã do mundo, com jogadores experientes.”

River Plate

Do outro lado deste confronto, o River Plate chega descansado. Assim como o grêmio, os Millonarios também pouparam o seu time principal na Superliga. No sábado, vitória magrinha de 1 a 0 sobre o Aldosivi, por 1 a 0, no Monumental. Foi notório o abatimento da equipe depois do revés na semana passada, em casa, no entanto, não tenha dúvida de que este time irá lutar até o fim. Qualidade há!

Em entrevista coletiva, o técnico Marcelo Gallardo admitiu que foi surpreendido com a postura gremista em Buenos Aires. “A primeira partida ganhou a equipe que não quis atacar. E não esperava isso do Grêmio. Não joga assim e tomou essa postura. Foi inteligente, mas jamais imaginei que o Grêmio ia jogar assim. Me surpreendeu. O que ele fez foi se defender bem e teve bom jogo aéreo. Nós queremos ter melhores oportunidades. Vamos usar a inteligência.”

Galhardo também não escondeu a ansiedade de ver a bola rolar. “Será uma boa partida, muito interessante. Um desafio muito importante. Não vejo a hora de jogar essa partida. Estamos com muita ansiedade de jogar. Temos uma boa energia, a confiança dos torcedores. Vamos ter que tentar de tudo e utilizar a arma que acharmos necessária. É uma difícil missão, mas não impossível”, concluiu.

A cotas dos argentinos é de R$ 4,00 para 1, novamente conforme o Oddsshark.com. Olha, se o Grêmio é forte em casa, o River ainda não foi derrotado como visitante. Sabia? A escalação argentina deve ser: Armani; Montiel, Maidana, Pinola e Casco; Quintero, Ponzio, Palacios e Martinez; Borre e Scocco.

Histórico de confrontos

Em 15 encontro entre brasileiros e argentinos, os nossos vizinhos têm uma pequena vantagem, com cinco vitórias, contra três dos brazucas. Empates foram registrados dois. A última vez que o River ganhou em Porto Alegre foi pelo Grupo E da Copa Mercosul de 1998. Na ocasião, o placar foi de 3 a 2.

Mais palpites

Se tivermos os dois times balançando as redes, o rendimento nas apostas é de R$ 2,25. Caso contrário, o valor cai para R$ 1,57 para 1. A igualdade de 0 a 0 rende R$ 6,00, enquanto que 1 a 0 para o River gera a cota de R$ 7,50, segundo o Oddsshark.com.

Jogos de volta das semifinais da Libertadores:

Terça-feira (30 de outubro)

21h45 – Grêmio (R$ 2,15) x (R$ 4,00) River Plate. Empate: R$ 3,00

Quarta-feira (31 de outubro)

21h45 – Palmeiras (R$ 1,72) x (R$ 5,25) Boca Juniors. Empate: R$ 3,50

 

 

 

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).