Favoritismo para título da Sul-Americana é todo do Atlético Paranaense diante do Junior Barranquilla

  • por Victor Gandra Quintas
  • 8 Meses atrás

Segundo jogo da final continental será disputado na Arena da Baixada, em Curitiba

A possível conquista da Copa Sul-Americana na noite desta quarta-feira, 12 de dezembro, às 21h45, horário de Brasília, certamente eleva o patamar do Atlético Paranaense dentro e fora do Brasil. Para isso, será necessário derrotar o Junior Barranquilla, da Colômbia, em casa, na Arena da Baixada, na cidade de Curitiba. Na partida de ida da grande final, disputada na semana passada, o placar foi de 1 a 1. Vale lembrar que para a decisão não há o gol fora de casa como critério de desempate.

Atlético Paranaense

Nas casas de apostas, o Atlético Paranaense é o grande favorito para vencer o confronto continental, tanto que o clube rubro-negro paga R$ 1,55 a cada real aplicado, de acordo com Oddsshark.com. Esse favoritismo é justificável, faz sentido. Os atleticanos são o time que mais evoluiu nesta reta final de temporada no futebol brasileiro. Dentro de casa, eles sustentam a invencibilidade de cinco jogos, sendo um empate e quatro vitórias seguidas, sem falar que ao longo deste curto período marcaram sete gols e sofreram apenas dois.

Para fazer uma festa bonita, a diretoria entrou em acordo com a torcida organizada para termos faixas, bandeiras e bateria no estádio. Imagina o caldeirão que será a Arena, não é? Cerca de 40 mil pessoas são esperadas. Combustível extra também para os atacantes Pablo e Nikão, cada um com quatro gols, briguem pela artilharia, que hoje é de Benedetti, do Deportivo Cali, da Colômbia. O colombiano tem um gol a mais que os brasileiros. A dupla faz parte do ataque mais produtivo da competição, com 20 gols anotados até agora.

Em rápida entrevista ao site oficial do Atlético Paranaense, Nikão falou sobre o seu jogo mais importante pela formação sulista. “Temos que manter a serenidade porque precisamos ter tranquilidade dentro do campo. Será um jogo resolvido em detalhes e temos que saber jogar.  Sabemos da nossa força dentro de casa. Mais uma vez, temos que colocar em prática o que aprendemos durante o ano.”

Quem viu o primeiro jogo da decisão percebeu que o clube paranaense assumiu uma postura mais reativa, partindo para os contra-ataques. Agora, a parada será diferente. Diante de seu torcedor, o Furacão vai jogar mais ao seu estilo, propondo o jogo, no toque de bola.

Ao que tudo indica, o treinador Tiago Nunes, revelação de 2018, não terá nenhum desfalque e vai mandar a campo o que tem de melhor no elenco: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Lucho, Bruno Guimarães e Veiga; Marcelo, Nikão e Pablo.

Junior Barranquilla

Ao contrário do Atlético Paranaense, que descansou no fim de semana, o Junior Barranquilla entrou em campo. Mas isso pode ter sido positivo, sabia? O time da cantora pop Shakira goleou o Independiente Medellín por 4 a 1 na primeira partida da final do Campeonato Colombiano. O Tiburón vem cheio de moral.

As grandes novidades serão os retornos do capitão e atacante Téo Gutiérrez, este o principal jogador da equipe colombiana, além do meio-campista Fuentes. O time de Julio Comesaña deve entrar em campo com: Sebastián Viera; Marlon Piedrahita, Jefferson Gómez, Rafael Pérez e Fuentes; Luis Narváez, James Sánchez, Víctor Cantillo; Jarlan Barrera; Luis Díaz e Téo Gutiérrez.

O desempenho do Junior fora de casa nos cinco jogos mais recentes da temporada não foi ruim, não. Foram três vitórias, uma derrota e um empate.

Segundo o Oddsshark.com, a equipe visitante está com a cota estipulada para um triunfo em R$ 8,00 para 1.

Mais palpites

Um novo empate de 1 a 1, o que leva a decisão da final para as disputas de pênaltis, rende R$ 7,50 conforme indica novamente o Oddsshark.com. Se você acha que o campeão não sai durante os 90 minutos regulamentares, você pode palpitar nas possibilidades de prorrogação ou penalidades máximas. A primeira situação paga R$ 7,00, R$ 0,50 a menos que a segunda.  Já gols dos dois times rentabilizam R$ 2,50.

Tanto Atlético Paranaense quanto Junior Barranquilla, se vencerem o torneio, conquistarão a primeira competição internacional. Vale lembrar que, em 2005, o Furacão foi vice-campeão da Libertadores da América, perdendo para o São Paulo na final. O Junior nunca havia chegado em uma decisão fora de seu país, apesar de sempre chegar nas fases finais da Sul-Americana nos últimos anos.

Confira as cotas da partida de volta da final da Copa Sul-Americana de 2018:

Quarta-feira (12 de dezembro)

21h45 – Atlético Paranaense (R$ 1,55) x (R$ 7,50) Junior Barranquilla. Empate: R$ 3,50

 

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).