City ultrapassa outra vez a barreira dos 100 gols

Apesar dos Citizens ainda perseguirem os Reds na briga pela Premier League, com 04 pontos de distância os separando até a publicação desta matéria, não dá para dizer que há uma grande inferioridade na comparação entre o Manchester City campeão da temporada passada e o atual. Muito pelo contrário, eu arriscaria dizer. Os comandados de Guardiola atingiram a marca de 102 gols em 35 jogos disputados na temporada europeia (levaram 03 jogos a menos do que na temporada anterior). Em apenas duas partidas o ataque azul de Manchester não deixou sua marca: no 0-0 contra o Liverpool (Anfield Road) e na derrota por 2-0 para o Chelsea (Stamford Bridge). Com estatísticas assim, é quase uma aposta certa de que o City irá marcar a cada partida que disputa. Para quem quiser aproveitar o ótimo momento ofensivo do City e fazer uma aposta, deixo o seguinte link: casas-de-apostas-legais.com. Examinando os números dos principais ataques da elite do futebol europeu, fica claro o poder ofensivo dos Citizens:

  • Paris Saint-Germain – 90 gols marcados;
  • Barcelona – 78 gols marcados;
  • Liverpool – 65 gols marcados;
  • Bayern München – 62 gols marcados;

À seguir, veremos mais detalhadamente a distribuição dos gols da máquina de marcar montada por Pep Guardiola.

Força do elenco que se traduz em gols

Elogiar a qualidade e quantidade de talentos do elenco azul chega a soar desnecessário; mas ao analisar a tabela de artilheiros do time nesta temporada, torna-se imperativo saudar a capacidade de Guardiola em fazer o time inteiro participar do jogo:

  1. Gabriel Jesus e Sergio Agüero lideram com 14 gols cada;
  2. Raheem Sterling – 12 gols;
  3. Leroy Sane – 11 gols;
  4. Riyad Mahrez e David Silva – 09 gols;
  5. Bernardo Silva – 07 gols;
  6. Ilkay Gundogan – 04 gols;
  7. Kevin De Bruyne, Phil Foden e Aymeric Laporte – 03 gols;
  8. Kyle Walker – 02 gols;
  9. Otamendi, Fernandinho, Zinchenko e Danilo – 01 gol.

Incluindo Brahim Díaz (02 gols), que deixou o elenco ao se transferir para o Real Madrid, o City apresentou uma diversidade de 17 marcadores na atual temporada. De titulares habituais, apenas Vincent Kompany, Benjamin Mendy e Fabian Delph ainda não balançaram as redes pelo clube.

Sterling e Sané voando pelos flancos

Além da óbvia importância ofensiva de Jesus e Agüero, principais atacantes do time, há de se destacar como os jovens Sterling (24 anos) e Sané (23 anos) estão contribuindo para a produção ofensiva. O inglês já participou de 23 gols até aqui (11 assistências), enquanto o alemão é o principal garçom da equipe: 13 assistências que somam um total de 24 participações em gols. Se o time perdeu Kevin De Bruyne por 22 partidas nesta temporada por lesão, Sané e Sterling trataram de preencher o vácuo deixado pelo principal articulador do time com seus dribles desconcertantes e arrancadas que proporcionaram gols e assistências.

Será que os números se traduzirão em títulos?

Até aqui, o City marcou 86 gols dentro da área de seus adversários. 44 com o pé direito, 41 com o pé esquerdo e 16 de cabeça. Após período de ligeira turbulência, em que perderam duas partidas seguidas para Crystal Palace (2-3) e Leicester (2-1), os azuis de Manchester venceram as últimas 06 partidas, marcando incríveis 27 gols.

Praticamente adentramos no mês de fevereiro, e com ele, a temporada vai chegando em sua fase decisiva. O City ainda está vivo em todas as competições que poderia disputar: está praticamente na final da Copa da Liga Inglesa (venceu o Burton por 9-0 no primeiro jogo das semis), enfrentará o Schalke 04 pelas oitavas da Liga dos Campeões e segue vivo na FA Cup (enfrentará o Burnley). Além de ter retomado o bom ritmo habitual na Premier League, segue firme na caça ao Liverpool e aguardando tropeços dos Reds para retomar a liderança.

Será que todo este jogo ofensivo de Guardiola e cia trará títulos para o Manchester City? No futebol, nunca é possível haver muitas certezas, mas, eu arriscaria dizer que uma coisa é certa em relação a este time: a cada jogo podemos contar que os XI vestindo azul em campo tratarão muito bem a bola e atacarão o adversário sempre que possível. Ainda veremos uma dezena de gols deste City que encanta e massacra grande parte de seus adversários.

Comentários

Botafoguense e apaixonado por Futebol.