Craque do futebol estilo livre dá show, fatura tri e assegura vaga brasileira para Mundial » DPF

Craque do futebol estilo livre dá show, fatura tri e assegura vaga brasileira para Mundial

  • por Doentes por Futebol
  • 4 Meses atrás

Com manobras de alto grau de dificuldade, o paraense Ricardo Chahini conquista o título nacional do Red Bull Street Style, em São Paulo

Por Kaique Ferreira

Público vidrado e os melhores brasileiros do futebol estilo livre em cena. Foi neste cenário que São Paulo recebeu a etapa nacional do Red Bull Street Style, torneio global de futebol estilo livre. No último sábado (29), 22 atletas de norte a sul do País exibiram todas as suas habilidades em busca do título da competição, na adidas Arena Tango. E, pela terceira vez, o paraense Ricardo Chahini subiu ao topo do pódio e assegurou a vaga para representar o Brasil na fase internacional, em novembro, nos Estados Unidos, em busca do inédito título mundial.

“Estou muito animado com essa vaga e o título. Me sinto preparado, mas ainda preciso trabalhar algumas manobras para subir ao palco mais confiante, já que o nível será muito maior. Ano passado, quase quebrei o pé, me recuperei e fiquei em segundo lugar no Mundial. Se eu treinar mais, acredito que consiga chegar em primeiro” – afirma Ricardinho, que foi carregado pelo público ao ser anunciado como campeão.

Para alcançar o título, Chahini teve de encarar a fase de classificação, cuja apresentação durava um minuto e, em seguida, o mata-mata. Até a final, ele superou Fábio Teixeira (nas oitavas), Thiago Saltori (nas quartas) e João da Luz (na semifinal). Na última batalha, encarou a jovem promessa do futebol freestyle Anderson Oliveira, repetindo o embate que ocorreu em 2018, na Esplanada do estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

Com um repertório de manobras nos estilos sit down (sentado ou deitado), upper (com os membros superiores) e lower (em pé, com os membros inferiores), Ricardinho não deu chances ao adversário. Durante a apresentação, o paraense ainda levantou o público ao encaixar a bola entre as pernas e dar um salto mortal para trás, sem deixar a ‘pelota’ tocar no piso.

Campeão brasileiro do Red Bull Street Style pela terceira vez, Ricardinho, agora, tem como objetivo a fase mundial diante de mais de 50 países. Em 2018, o paraense ficou com o segundo lugar, sendo derrotado pelo norueguês Erlend Fagerli. Recuperado de lesão, Chahini conta que promete surpreender os jurados, nos dias 14 e 15 de novembro, em Miami (EUA), para trazer o troféu ao Brasil.

“O nível da seletiva subiu muito em relação ao ano passado. Eu não utilizei algumas manobras novas que eu tenho. Então, vou para o Mundial com novidades” – completa.

Esta edição da etapa brasileira do Red Bull Street Style ainda contou com batalhas entre ícones da modalidade e da nova geração, como é o caso de Gabriel Parke, tido por especialistas como a grande revelação do País nos últimos anos, e Jandirson Ferreira, cuja agilidade para realizar os movimentos encantou aos presentes.

Para mais informações Clique aqui !

Comentários