O futebol no Brasil – suas origens e seu significado

  • por Doentes por Futebol
  • 4 Dias atrás

Que o futebol é um esporte intrinsicamente ligado ao Brasil ninguém há de negar. Todo o mundo sabe do futebol brasileiro, e de como os brasileiros gostam do esporte – até mesmo países longínquos que mal sabem de nós. É sabido e aceito, dentro e fora daqui, que em qualquer lugar pode-se encontrar algum jogo acontecendo. Em quadras poliesportivas escolares, em campos de grama e society, quadras de futsal, na rua, em algum terreno baldio, prédios e condomínios, na areia da praia, no meio do mato, na favela, até mesmo com redes de vôlei: nada impede que uma pelada aconteça entre brasileiros. Pode ser até que muitas pessoas se esqueçam de que o futebol não nasceu no Brasil.

O que se sabe sobre as origens do esporte aqui?

Os primórdios

Pouco se sabe, com certeza, sobre a inserção do futebol aqui. O esporte nasceu na Inglaterra e seu nome é derivado do inglês, football, pela junção das palavras “pé” e “bola” – ou seja, um jogo que se joga com os pés numa bola. Os americanos usam a palavra soccer para falar do futebol, como bem se sabe, diferenciando-o do futebol americano.

 

 

O curioso é que a palavra soccer surgiu da própria Inglaterra. Em meados do século 19, o futebol tinha muitas variantes, sem que houvesse uma lista definida de regras. Para diferenciar o que é chamado de rugby com o que viria a ser futebol, eles usavam respectivamente os termos “rugger” e “soccer” – este último referente ao estilo da Associação (Association). 

Chegando no Brasil

Existem mitos e anedotas a respeito do primeiro britânico (ou holandês?) que, vindo para o Brasil entre 1860 e 1870, apresentou o básico para trabalhadores. Alguns dizem que começou no Nordeste, outros que em Jundiaí. Não se sabe nada disso ao certo.

O fato que sabemos é que Charles Miller, brasileiro que cresceu na Inglaterra, trouxe o futebol para as terras brasileiras quando voltou, já perto da virada do século. O Brasil então vê sua primeira partida oficial de futebol acontecer em São Paulo, em 1894, caindo imediatamente nas graças da população. 

O primeiro time oficial foi formado em São Paulo, em agosto de 1989, pela Atlética da faculdade Mackenzie. Foi o que iniciou a tendência, a febre futebolística, fazendo com que em apenas três anos o primeiro campeonato de futebol fosse feito no país. Em menos de 30 anos o esporte se desenvolveu muito – O Clube Atlético Paulistano foi convidado para jogar na Europa. Foi a primeira vez que o mundo via o futebol brasileiro que, mesmo em sua infância já demonstrava certas habilidades e peculiaridades que culminaria no início da era de ouro do futebol brasileiro, com a Copa do mundo de 1958. O resto, bem se sabe, é história.

O futebol para os brasileiros

O futebol é um esporte levado muito a sério no Brasil, tanto quanto na Inglaterra, seu país de origem. O assunto é tão sério que passa das proporções e, assim como os britânicos, os brasileiros acabam incorporando violência e agressividade ao torcer. Trata-se de uma questão de forte identidade nacional, de reconhecimento mundial e de um povo se entender enquanto povo, culturalmente falando. Com Pelé, Garrinha, Canhoteiro, Ronaldos, Neymar e tantas outras estrelas, o Brasil pode se sentir com um lugar à mesa, apesar da pobreza e das dificuldades de um país tão grande.

Isso se reflete, atualmente, no gosto que os brasileiros vêm demonstrando pelas casas de apostas esportivas.

As apostas no Brasil

A legislação brasileira é muito clara – apostas são proibidas, como consta na Lei de Contravenções Penais. O fato é que esta lei é de 1941, muito antes da existência da internet. A lei então foi redigida de forma a causar brechas para um futuro tão digitalizado e globalizado como o nosso. Casas de apostas de outras nacionalidades, com transações financeiras internacionais, encontraram nessas brechas uma forma de entrar no Brasil sem quebrar nem sequer uma lei.

Assim, as apostas esportivas online rapidamente foram crescendo no país. É tudo feito com facilidade, segurança, no conforto da casa de todos, e dão um toque especial ao torcer pelo futebol brasileiro, com ainda maiores emoções. A ideia de ganhar dinheiro é um grande bônus nisso tudo. Numa época de desânimo com o futebol e de baixa econômica, as apostas dão um lazer a mais para brasileiros – que já adoravam bolões informais entre amigos. A legislação, portanto, começa a se adequar: as apostas estão em processo de legalização e regulamentação, desde 2018.

Comentários