Época de futebol 2019/20: o que vai mudar?

  • por Doentes por Futebol
  • 4 Meses atrás

O futebol é conhecido mundialmente como o desporto rei e quem ama esta modalidade já está, certamente, a par de algumas das mudanças que vão tomar forma na época de 2019/20. A entidade responsável pela nova legislação futebolística – o IFAB, International Football Association Board – estipulou já, de forma clara para todos os interessados, que esta época se iniciaria, como se comprovou, com regras distintas.

Com uma longa história, o futebol já sofreu várias mutações nas suas regras e formas de ação ao longo dos séculos. Agora, a intenção das novas alterações é garantir que os jogos acontecem de uma forma mais dinâmica, tornando-se menos fastidiosos em momentos de paragem e permitindo que sejam integradas novas formas de jogar futebol, através de táticas inovadoras. Os adeptos encontram-se, neste momento, numa fase de habituação face a estas novas regras que reformulam a sua modalidade favorita. A quantidade de alterações criadas entre estas regras é, de facto, bastante significativa, pelo que pode demorar um pouco a adaptar-se a todas elas.


Não conseguindo expôr, em poucas palavras, tudo aquilo que vai mudar no mundo do desporto rei, apresentamos algumas das mudanças mais prementes e surpreendentes que pode ver já nesta época.

1.Vídeo árbitro

O árbitro assistente de vídeo (mais conhecido como VAR) é já uma forma conhecida para a identificação de erros de arbitragem. As alterações atuais no seu uso irão permitir que o VAR seja corrido nos intervalos e no final do jogo, permitindo que todos os eventuais erros sejam revistos e corrigidos, como se a partida não tivesse, ainda, terminado. O impacto do VAR nas apostas desportivas é significativo, mudando a dinâmica na forma como estas são feitas, principalmente pelas entidades que promovem as apostas desportivas ao vivo.

2. Pausas durante o jogo

As novas regras do futebol permitem que os jogadores tenham direito a duas pausas durante o período da partida, para se hidratar e refrescar. Uma destas pausas não poderá exceder o 1 minuto e a outra não poderá exceder os 3 minutos. Nem todas as partidas irão considerar estas novas regras, sendo estas especificas para condições atmosféricas e regulamentos particulares.

3. Técnicos podem ser penalizados

Outra das novas regras atuais para o futebol reside na possibilidade de penalizar os técnicos. Assim, os jogadores que não estão em campo ou os técnicos podem receber cartões pelo seu comportamento, tal como os jogadores em jogo. Sempre que não for possível identificar quem causou distúrbios na área do banco, o cartão será aplicado ao treinador principal da equipa.

4. O que se considera golo 

Se uma bola que não estivesse em fora de jogo entrasse na baliza, esta seria considerada golo ainda que o braço ou a mão do atacante tivesse sido o último toque da bola. A partir desta época todas as bolas que entrem na baliza, mesmo que sem querer, por ação dos membros superiores, não serão consideradas golo. Um golo feito com um lançamento de mãos do guarda-redes inclui-se nesta regra.

Comentários