Libertadores Feminina caminha para as quartas com Ferroviária classificada e Corinthians encaminhado

  • por Marcela Natra
  • 25 Dias atrás

Em sua 11ª edição, desta vez no Equador, a Libertadores Feminina começou em meio a uma Guerra Política que obrigou o adiamento de algumas partidas. A população revoltou-se contra o presidente Lenin Moreno pela decisão de eliminar os subsídios dos combustíveis, fazendo com o que o preço dos diversos produtos subisse drasticamente. O caos das ruas fez com que a FIFRO (Federação Internacional dos Futebolistas Profissionais) e outras entidades entrassem em contato com a Conmebol pedindo a suspensão da competição. A confederação atendeu o pedido e adiou as partidas no final de semana, mas retomou-as na segunda (14) após acordo dos líderes da oposição com o governo equatoriano.

Temos nesta edição 16 times divididos em 4 grupos. São 10 vagas para os campeões nacionais da América do Sul, uma vaga para o atual campeão da Libertadores, uma vaga para o campeão nacional do país sede e mais quatro vaga divididas entre os quatro melhores países do ranking da América do Sul (atualmente Brasil, Chile, Colômbia e Paraguai).

Já aconteceram 16 jogos, fechando a rodada 2 da competição. Além das equipes brasileiras, Atlético Hulia e Deportivo Cuenca já garantiram classificação para a próxima fase.

Atual campeã brasileira, Ferroviária já garantiu classificação para a próxima fase

Com dois jogos completos pelo Grupo B e duas vitórias somadas, a Ferroviária já garantiu a classificação para as quartas de final. O primeiro jogo foi um passeio sobre a equipe bolivariana Mundo Futuro (10 a 0), já na segunda partida, contra o Estudiantes de Caracas, a equipe paulista encontrou dificuldade no primeiro tempo, achando a vitória  por 4 a 1 no fim da segunda etapa. Nathane chegou ao sétimo gol na competição, isolando-se na artilharia.

Foto: Tiago Pavini/Ferroviária SA – Jogadoras do Ferroviária comemoram a vitória sobre o Deportivo Cuenca

Na sexta (18), o time de Araraquara enfrenta o Deportivo Cuenca na briga pelo primeiro lugar do grupo. Ambos têm seis pontos mas a equipe brasileira conta com uma vantagem no largo saldo de gols (12).  Jogo será no Estádio Olímpico de Atahualpa, conforme alteração da Conmebol. Um empate basta para as Guerreiras Grená avançarem em primeiro do grupo.

Dominante e sem sustos, Corinthians caminha para as quartas

Com a estreia adiada pela competição, o Corinthians só entrou em campo na segunda (14)  quando venceu sem nenhuma dificuldade o Club Ñañas do Equador. A equipe de Arthur Elias decidiu a partida ainda na primeira etapa abrindo 3 a 0. Jogo terminou 3 a 1 após ótima atuação da goleira adversária no segundo tempo.

Foto: reprodução – Jogadoras do Corinthians comemoram mais um bom jogo

Pela rodada 2 a equipe paulista venceu o segundo colocado do grupo e praticamente encaminhou sua classificação. Time impôs seu jogo de pressão alta e terminou a partida com 3 a 1 no placar, sem muitos sustos. E com um golaço de Victoria Albuquerque.

Timão enfrenta o Sportivo Limpeño no sábado (19), um empate basta para classificar a equipe às quartas de final da Libertadores da América.

 

Comentários

Jornalista, apaixonada pela camisa blanca merengue, começou escrevendo sobre cinema até fundar o MeuMadrid e descobrir que as histórias que queria contar eram as do campo da bola.