Prêmio Marc-Vivien Foe 2020: os nominados!

  • por Rogério Bibiano
  • 1 month atrás

Honraria é concedida ao melhor jogador africano da Ligue 1

A Rádio France Internacional (RFI), patrocinadora do Prêmio Marc-Vivien Foe, divulgou os nomes dos jogadores que concorrerão a premiação equivalente a temporada 2019/2020 do melhor jogador africano na Ligue 1.

A honraria (concedida desde 2009) é uma homenagem a Marc-Vivien Foe, jogador camaronês, que atuava no Lyon e faleceu de forma trágica (infarto), durante jogo pela semifinal da Copa das Confederações em 2003.

Leia também: 10 anos sem Marc-Vivien Foé

Lembrando que a Ligue 1 foi interrompida no dia 8 de março, por causa da pandemia da Covid-19. No dia 28 de abril, o governo francês encerrou a temporada (que estava na sua 28ª rodada), decisão que foi posteriormente homologada pela Liga de Futebol Profissional, entidade que administra a Ligue 1 e que teve o Paris Saint-Germain, como campeão e o Olympique Marseille, vice-campeão.

Os Vencedores

Os indicados da temporada 2019/20

Yunis ABDELHAMID

Com apenas dois jogos pela seleção do Marrocos em 2018, o franco-marroquino Abdelhamid, 32 anos é um defensor muito forte no jogo aéreo. Capitão do Reims, de ótima e surpreendente campanha na temporada 2019/20 marcou três gols em 28 participações.

Yunis Abdelhamid (Foto: Anthony Dibon/Icon Sport)

Denis BOUANGA

Franco-gabonês, Bouanga, 25 anos, optou por defender as cores do Gabão. Bouanga, já atuou pela Seleção Francesa de Beach Soccer, tendo disputado várias partidas pela mesma. Com 10 gols em 26 jogos e três assistências têm chamado a atenção de outras equipes no futebol europeu e é um dos destaques do Saint-Étienne.

Denis Bouanga (Foto: Loic Venance/AFP)

Andy DELORT

Aos 28 anos, o franco-argelino Delort, disputou o Torneio de Toulon pela França, porém em 2019 manifestou desejo de representar a Argélia, tendo sido campeão africano. Em 26 jogos na Ligue 1, o atacante anotou nove gols e fez duas assistências, sendo um dos bons destaques do Montpellier.

Andy Delort (Foto: Tim Clayton/Corbis)

Habib DIALLO

Cria da base do FC Metz, o senegalês Diallo, 24 anos é um dos destaques da equipe. Em 26 jogos, anotou 12 gols e três assistências. Em sua quarta temporada na Ligue1, tem despertado interesse de outras equipes no Continente.

Habib Diallo (Foto: Fred Marvaux/Icon Sport)

Idrissa GANA GUEYE

Após quatro temporadas e meia na Inglaterra, onde era titular absoluto do Everton, o experiente senegalês Gana Gueye, 30 anos, tenta obter o mesmo sucesso, agora no Paris Saint-Germain. Na temporada, atuou em 20 partidas, dando um passe e anotando um gol pelo clube parisiense.

Idrissa Gana Gueye (Foto: Aurelien Meunier/PSG)

Édouard MENDY

Aos 28 anos, o goleiro franco-senegalês Mendy chegou ao Rennes na metade de 2019 e é um dos destaques da equipe que terminou na terceira colocação, conquistando uma vaga na fase qualificatória da UEFA Champions League 2020/21. Atuou em 24 dos 28 jogos.

Édouard Mendy (Foto: Pierre Costabadie/Icon Sport)

Mbaye NIANG

Outro destaque do Rennes é o franco-senegalês Niang. Aos 25 anos de idade, possui passagens pelo Milan, Montpellier, Genoa, Watford e Torino, tendo atuado em todas as seleções de base da França, optou por defender o Senegal, onde é presença constante nas convocações desde 2017. Na Ligue 1 anotou 10 gols em 26 jogos.

Mbaye Niang (Foto: Jean-François Monier/AFP)

Victor OSIMHEN

Com apenas 21 anos, o nigeriano Osimhen chegou na Europa pelo Wolfsburg, aos 18 anos. Após passagem com destaque pelo Charleroi, foi parar no Lille, onde é um dos principais nomes da equipe. Na temporada foram 13 gols quatro assistências em 27 jogos; números que o colocam no radar de outras equipes europeias.

Victor Osimhen (Foto: Dave Winter/Icon Sport)

Moses SIMON

Oriundo da base do Ajax Amsterdan, o nigeriano Simon, 24 anos, passou por Trencin (Eslováquia) e Gent (Bélgica), antes de ser comprado pelo Levante que o emprestou ao Nantes. Na temporada francesa, anotou cinco gols e fez outras cinco assistências.

Moses Simon (Foto: Aude Alcover/Icon Sport)

Islam SLIMANI

Com 31 anos, o experiente atacante argelino Slimani, ainda pertence ao Leicester e está emprestado ao Mônaco. Na Ligue 1 jogou 18 partidas, marcando nove gols e com oito assistências, transformando-se num dos principais jogadores do clube monegasco.

Islam Slimani (Foto: Sebastien Bozon/Icon Sport)

Hamari TRAORÉ

Titular absoluto do Rennes, o malinês Traoré está na sua terceira temporada no clube rubro-negro. Aos 28 anos é um dos bons alas direita da Ligue 1. Na temporada foram quatro assistências em 27 jogos.

Hamari Traore (Foto: Baptiste Fernandez/Icon Sport)

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.