Guia da Copinha - Parte 1 » DPF

Guia da Copinha – Parte 1

Clique nas setas e saiba todos os detalhes de cada grupo.

GRUPO 1 (Votuporanga)
Votuporanguense-SP / Grêmio-RS / Brasília-DF / Auto Esporte-PB[expand]

Sediado no município de Votuporanga, o Grupo 1 da Copinha tem o Grêmio-RS como principal favorito. Na disputa por um título que jamais conquistou em sua história, o Tricolor dos Pampas busca apagar a imagem deixada no ano passado, quando foi goleado e eliminado pelo Ituano na terceira fase. O desafiante da rodada inaugural será o Brasília, time cuja espinha dorsal é a mesma da última campanha. Completam a chave o anfitrião Votuporanguense, dos atacantes Juninho e Guilherme Índio, e os paraibanos do Auto Esporte, atual vice-campeão estadual sub-19.

FIQUE DE OLHO
Votuporanguense-SP: Juninho (meia-atacante, 98) e Guilherme Índio (atacante, 97)
Grêmio-RS: Phelipe Megiolaro (goleiro, 99) e Jean Pyerre (meia, 98)
Brasília-DF: Luis (zagueiro, 97) e Pedrinho (atacante, 97)
Auto Esporte-PB: Igor Inocencio (lateral direito, 98) e Arthur (meia, 97)[/expand]

GRUPO 2 (Tanabi)
Tanabi-SP / Náutico-PE / Vila Nova-GO / Mirassol-SP[expand]

Anfitrião pelo quarto ano consecutivo, o Tanabi conviveu com um susto no início de dezembro, quando um incêndio atingiu os alojamentos do Estádio Alberto Victolo. Nada, no entanto, que abalasse a preparação da equipe para a estreia contra o Mirassol, adversário responsável por eliminar o Vila Nova-GO na segunda fase da edição passada – paulistas e goianos voltam a se encontrar em 2017, agora na fase de grupos. Já o Náutico, coadjuvante em suas 11 participações anteriores, conta com a experiência do atacante Gerônimo, ex-Vasco da Gama, para mudar de panorama na Copa São Paulo.

FIQUE DE OLHO
Tanabi-SP: Caio (lateral direito, 99) e Roger (atacante, 98)
Náutico-PE: Feliphe (zagueiro, 97) e Gerônimo (atacante, 97)
Vila Nova-GO: David (atacante, 97) e Marcos Paulo (atacante, 97)
Mirassol-SP: Queven (volante, 98) e João Féres (atacante, 97)[/expand]

VEJA: Transmissões da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017

GRUPO 3 (São José do Rio Preto)
Rio Preto-SP / Botafogo-RJ / Alecrim-RN / Sergipe-SE[expand]
Campeão carioca e brasileiro sub-20 em 2016, o Botafogo-RJ vive ótimo momento e é a grande força do Grupo 3 da Copinha, sediado em São José do Rio Preto. Na ausência do técnico Eduardo Barroca, que será auxiliar de Rogério Micale no Sul-Americano da categoria, o clube aposta na base vice-campeã da Copa Ipiranga Sub-20, em dezembro, sob comando de Felipe Lucena. De olho no mata-mata, o Rio Preto objetiva explorar o fator local para superar o Sergipe, oponente da primeira rodada no Anísio Haddad, e o Alecrim, time liderado pelo atacante Xilu, artilheiro do último Potiguar Sub-19.

FIQUE DE OLHO
Rio Preto-SP: Anderson Avile (volante, 98) e Raylam (atacante, 98)
Botafogo-RJ: Victor Lindenberg (lateral esquerdo, 97) e Igor Cássio (atacante, 98)
Alecrim-RN: Manaus (goleiro, 99) e Xilu (atacante, 97)
Sergipe-SE: Lulinha (meia-atacante, 98) e João Vitor (atacante, 98)[/expand]

GRUPO 4 (Novo Horizonte)
Novorizontino-SP / Atlético Mineiro-MG / Novoperário-MS / São Raimundo-RR[expand]

Após o vexame do ano passado, quando foi goleado pela Desportiva Paraense e sequer classificou para a segunda fase, o Atlético Mineiro optou por disputar a 48ª Copa São Paulo com sua promissora geração 99/00, campeã estadual sub-17. Mas, ainda que possua o favoritismo do grupo, o Galo sabe das dificuldades que terá diante de equipes sub-20, entre elas o Novoperário, adversário de estreia comandado por Mauro Marino, e o São Raimundo, hexacampeão roraimense da categoria. Apostando no jovem meia-atacante Rodrigo, 16 anos, o anfitrião Novorizontino completa a chave.

FIQUE DE OLHO
Novorizontino-SP: Rodrigo (meia-atacante, 00) e Guilherme Cruz (atacante, 98)
Atlético Mineiro-MG: Renan Gomes (volante, 99) e Marquinhos (meia, 99)
Novoperário-MS: Douglas Gandon (zagueiro, 97) e Dagoberto (volante, 97)
São Raimundo-RR: Leonay (goleiro, 98) e Luã Souza (meia, 98)[/expand]

Grupo 5 (Marília)
Marília-SP / América-MG / Ponte Preta-SP / Atlético de Alagoinhas-BA[expand]

O Grupo 5 terá, logo de cara, uma das partidas que certamente mais chamam a atenção na primeira fase da Copinha. Semifinalista em 2016, o América-MG do técnico e ex-goleiro Milagres encara a Ponte Preta, que vem de campanhas consistentes em todas as competições sub-20 disputadas sob comando de Leandro Zago. Campeão do torneio em 1979, o Marília surpreendeu ao eliminar o Coritiba na edição passada, e, atuando em seu estádio, não pode ser descartado da briga pela classificação. Por sua vez, o estreante Alagoinhas Atlético Clube corre por fora na tentativa de surpreender os favoritos.

FIQUE DE OLHO
Marília-SP: Maranhão (meia-atacante, 98) e Alan Júnior (atacante, 97)
América-MG: Renan Mello (meia, 97) e Pilar (atacante, 97)
Ponte Preta-SP: Marcos Coelho (volante, 97) e Thiago (meia-atacante, 98)
Atlético de Alagoinhas-BA: Caio Cézar (goleiro, 97) e Daniel (lateral direito, 98)[/expand]

Grupo 6 (Penápolis)
Penapolense-SP / Paraná-PR / Paysandu-PA / Volta Redonda-RJ[expand]

Sediado em Penápólis, o Grupo 6 é pautado pelo equilíbrio. Não há como cravar um favorito absoluto, e isso pode servir de inspiração para o Penapolense, liderado pelo meia Danilo, quebrar um tabu e alcançar o mata-mata. O adversário dos donos da casa na abertura da chave será o Volta Redonda, motivado pelo retorno à Copa São Paulo após mais de 20 anos. Já o Paysandu, de olho na segunda fase, terá o reforço de atletas com experiência no elenco profissional, enquanto o Paraná, campeão paranaense sub-17 no ano passado, deposita suas esperanças numa base jovem e promissora.

FIQUE DE OLHO
Penapolense-SP: Danilo (meia, 97) e Leo Mineiro (atacante, 97)
Paraná-PR: Gabriel Pires (lateral esquerdo, 99) e Rafael Furtado (atacante, 99)
Paysandu-PA: Mauro (zagueiro, 98) e Aslen (atacante, 98)
Volta Redonda-RJ: Pablo (volante, 97) e Alan Cariús (atacante, 97)[/expand]

Grupo 7 (Araraquara)
Ferroviária-SP / Palmeiras-SP / Paranoá-DF / Villa Nova-MG[expand]

Enquanto o rival Corinthians soma nove títulos e outras oito finais, o Palmeiras nunca conquistou a Copinha. Disposto a encerrar esse incômodo jejum, mesmo sem os prodigiosos Artur (seleção brasileira) e Vitinho (profissional), o time do técnico João Burse inicia sua caminhada contra o estreante e franco-atirador Paranoá, atual campeão brasiliense sub-20. A primeira rodada do Grupo 7, aliás, tende a ser determinante para as pretensões da anfitriã Ferroviária e do Villa Nova-MG, que medem forças no jogo que abre a Copinha, na Arena Luminosa, em Araraquara.

FIQUE DE OLHO
Ferroviária-SP: Jordan (zagueiro, 99) e Rodolfo (atacante, 97)
Palmeiras-SP: Alan Guimarães (meia, 00) e Kauê (atacante, 97)
Paranoá-DF: Kayro (volante, 97) e Maranhão (97, atacante)
Villa Nova-MG: Marcus Molinari (meia-atacante, 97) e Ian (atacante, 97)[/expand]

Grupo 8 (Cravinhos)
Comercial-SP / Sport Recife-PE / Batatais-SP
/ Rio Claro-SP[expand]
Um dos dois representantes de Ribeirão Preto, o Comercial estabeleceu o município de Cravinhos como parceiro para a disputa da Copa São Paulo. Com as partidas no acanhado Estádio J. D. Martins, a chave ainda reúne outros dois clubes paulistas: o Batatais, que volta ao torneio após cinco anos, e o sempre competitivo Rio Claro – venceu o Internacional e revelou o volante Gustavo Cazonatti em 2016. As atenções, contudo, se voltam para o favorito Sport Recife, treinado pelo português Daniel Neri, semifinalista da última Copa do Brasil Sub-20 e vice-campeão nacional sub-17.

FIQUE DE OLHO
Comercial-SP: Mateus Rinaldi (meia, 97) e Luqueta (atacante, 99)
Sport Recife-PE: Adryelson (zagueiro, 98) e Pablo Pardal (meia, 99)
Batatais-SP: Everton Casimiro (volante, 97) e Wilker (atacante, 98)
Rio Claro-SP: Dudu (lateral esquerdo, 97) e Wesley Costa (atacante, 97)[/expand]

GRUPO 9 (São Carlos)
São Carlos-SP / Vasco da Gama-RJ / Botafogo-PB / Rio Branco-ES[expand]

Eliminado pelo América-MG na Copinha do ano passado, o Vasco da Gama ao menos celebrou a ascensão do volante Douglas Luiz, hoje titular da equipe profissional. Agora com o técnico Marcus Alexandre no comando, os cariocas são os favoritos do Grupo 9, sediado em São Carlos, e estreiam diante do Botafogo-PB, que deixou boa impressão na Copa do Nordeste Sub-20. De trajetória marcante na edição de 2008, o São Carlos aposta no meia Diniz, enquanto o Rio Branco Atlético Clube, campeão capixaba da categoria, chega respaldado por quatro vitórias nos quatro amistosos de preparação.

FIQUE DE OLHO
São Carlos-SP: Diniz (meia, 99) e Pedro Lopes (atacante, 98)
Vasco da Gama-RJ: Paulo Vitor (meia-atacante, 99) e Hugo Borges (atacante, 98)
Botafogo-PB: Sancler (goleiro, 97) e Walber (zagueiro, 97)
Rio Branco-ES: Lukas Sueth (volante, 97) e Gean (atacante, 98)[/expand]

GRUPO 10 (Limeira)
Independente-SP / Fortaleza-CE / Rio Branco-SP / Botafogo-SP[expand]

O Grupo 10 da Copa São Paulo reúne dois clubes que recentemente viveram histórias inesquecíveis e semelhantes dentro da competição. Tanto o Rio Branco (2008) quanto o Botafogo-SP (2015) surpreenderam e chegaram até a grande final, deixando o título escapar no detalhe para Figueirense e Corinthians, respectivamente. Agora, ambos se encontram na primeira fase, numa chave que ainda conta com o Independente, representante local comandado pelo ex-meia Piá, e um Fortaleza repleto de novidades como o atacante Denis, autor de seis gols pelo Sabiá-MA no ano passado.

FIQUE DE OLHO
Independente-SP: João Victor (lateral esquerdo, 98) e Pedro Henrique (volante, 97)
Fortaleza-CE: Yuri Pereira (zagueiro, 97) e Denis (atacante, 97)
Rio Branco-SP: Juninho (atacante, 98) e Robinho (atacante, 99)
Botafogo-SP: Talles (goleiro, 97) e Wendel (meia, 98)[/expand]

GRUPO 11 (Jundiaí)
Paulista-SP / Joinville-SC / Vitória da Conquista-BA / Red Bull-SP[expand]

Jundiaí volta a ser sede da Copinha após 11 anos, e, logo na primeira rodada, o anfitrião e tradicional Paulista, campeão em 1997 (na época como Lousano Paulista), encara o emergente Red Bull Brasil, finalista do Campeonato Paulista Sub-17 e vencedor da Wolfsbank Cup, na Alemanha, em 2016. Buscando impedir a classificação dos times de São Paulo, o Joinville aposta em seu afinado conjunto, treinado pelo técnico Julian Tobar. O Vitória da Conquista, por sua vez, tem como trunfo a presença de atletas que já atuaram pelos profissionais, com destaque para o lateral direito Ronilson.

FIQUE DE OLHO
Paulista-SP: Paulinho (volante, 99) e Matheus Sylvestre (atacante, 97)
Joinville-SC: Marlyson (atacante, 97) e Janderson (atacante, 99)
Vitória da Conquista-BA: Ronilson (lateral direito, 98) e Eder Amorim (atacante, 97)
Red Bull-SP: Landgraf (zagueiro, 00) e Ilgner (atacante, 98)[/expand]

GRUPO 12 (Atibaia)
Atibaia-SP / Atlético Goianiense-GO / Vitória-BA / ABC-RN[expand]

Após quase ser excluída em função de reformas no Estádio Salvador Russani, Atibaia receberá, sim, o Grupo 12 da 48ª Copa São Paulo. Sob comando de Ricardo Belli, o anfitrião SC Atibaia não terá vida fácil já na estreia, quando terá pela frente o ABC, atual campeão potiguar sub-19 e sub-17. Após a decepcionante campanha na Copa Ipiranga, em dezembro, o Vitória, de Yan e Eron, objetiva retomar seus melhores dias e garantir um lugar no mata-mata, mesmo objetivo de um Atlético Goianiense motivado pelo retorno da equipe profissional à Série A do Campeonato Brasileiro.

Atibaia-SP: Matheus Rodrigues (meia, 97) e João Dezordi (atacante, 98)
Atlético Goianiense-GO: Evanderson (zagueiro, 98) e João Pedro (atacante, 98)
Vitória-BA: Yan (meia-atacante, 98) e Eron (atacante, 98)
ABC-RN: Fessin (meia, 99) e Berguinho (atacante, 97)[/expand]

GRUPO 13 (Capivari)
Capivariano-SP / São Paulo-SP / Genus-RO / União Barbarense-SP[expand]

Com a conquista de pelo menos cinco títulos expressivos no ano passado, incluindo a Libertadores da América, o Paulista e a Copa do Brasil Sub-20, o São Paulo vive um momento épico na história de suas categorias de base. Em busca da taça que faltou, o time do técnico André Jardine volta a encontrar o Capivariano, adversário na final do estadual, naquele que promete ser o principal duelo da fase de grupos da Copinha. Diante de duas “pedreiras”, o Genus, representante único de Rondônia, e a União Barbarense correm por fora na disputa por uma das duas vagas na segunda fase.

FIQUE DE OLHO
Capivariano-SP: Leonardo (volante, 98) e Neto Costa (atacante, 97)
São Paulo-SP: Eder Militão (zagueiro, 98) e Caíque (meia-atacante, 98)
Genus-RO: Luis Carlos (zagueiro, 98) e Erlisson Willy (meia-atacante, 99)
União Barbarense-SP: Matheus Luvizetto (meia, 98) e Rodney (atacante, 98)[/expand]

GRUPO 14 (Porto Feliz)
Desportivo Brasil-SP / Chapecoense-SC / Nova Iguaçu-RJ / Sampaio Corrêa-MA[expand]

Pouco mais de um mês após a tragédia que comoveu o mundo do futebol, a Chapecoense reinicia suas atividades na Copa São Paulo. Os comandados de Emerson Cris sabem que podem fazer parte do processo de reconstrução da equipe profissional, e, diante disso, almejam sucesso numa chave cujo principal adversário será o anfitrião Desportivo Brasil, sempre repleto de jovens promessas. Também estão no páreo o Nova Iguaçu, de trabalho interessante desenvolvido no Rio de Janeiro, e o Sampaio Corrêa, eliminado pelo Palmeiras na terceira fase da última edição.

FIQUE DE OLHO
Desportivo Brasil-SP: Mauro Júnior (meia, 99) e João Sala (atacante, 99)
Chapecoense-SC: Tharlis (volante, 98) e Lima (meia, 99)
Nova Iguaçu-RJ: Matheus (goleiro, 98) e Saquarema (atacante, 97)
Sampaio Corrêa-MA: Thiago Tomais (zagueiro, 97) e Sidys (meia, 98)[/expand]

GRUPO 15 (Indaiatuba)
Primavera-SP / Atlético Paranaense-PR / CRB-AL / União Rondonópolis-MT[expand]

Umas das sensações da Copinha no ano passado, quando eliminou o Fluminense e revelou Ewertton (hoje no Santos) e Goteira (Internacional), o Primavera quer chegar ainda mais longe em 2017. As atenções agora se voltam para nomes como o meia Carlinhos e o jovem atacante Toró, num Grupo 15 que reúne três campeões estaduais, entre eles o favorito Atlético Paranaense. Pouco badalados, mas dispostos a esquentar a briga por um lugar no mata-mata, CRB (campeão alagoano sub-20) e União Rondonópolis (campeão mato-grossense sub-19) completam a chave.

FIQUE DE OLHO
Primavera-SP: Carlinhos (meia, 98) e Toró (atacante, 99)
Atlético Paranaense-PR: Matheus Anjos (meia, 98) e Julian (meia, 99)
CRB-AL: Rodrigo (volante, 97) e Jonata (atacante, 97)
União Rondonópolis-MT: Marcelinho (meia, 98) e Rodrigo Andrade (atacante, 98)[/expand]

VOLTAR PARA A CAPA

Por Gustavo Vargas
Olheiros.net

Comentários