• Chegamos ao fundo do poço, agora só nos resta subir

    Dizer que o 7×1 foi pouco pode, por hora, parecer brincadeira ou deboche. Mas essa frase, tão repetida depois daquele fatídico 8 de julho de 2014, reflete nada menos do que a realidade nua e crua. Porém, é errado afirmar que o passeio alemão em solo brasileiro foi o início da crise do futebol pentacampeão […]
    • por Jean Madrid
    • 4 Anos atrás
  • Klose é profissional com P maiúsculo

    A palavra “profissional” possui um par de significados distintos, mas talvez exista a necessidade de impor mais outro: pessoas como Miroslav Klose. O maior artilheiro da história das Copas do Mundo não nasceu na Alemanha, porém sua dedicação ao que faz pode passar tranquilamente como a de um germânico apaixonado. Miro definitivamente não é o […]
    • por Lucas Martins
    • 4 Anos atrás
  • Imigrantes 033 | Jogadores, mídias e vaidade

    Acompanhada da definitiva globalização tem-se também uma expansão dos meios de comunicação. A vida e festas dos jogadores eram preservadas e só saiam na mídia por meio de paparazzis. Hoje, os próprios atletas fazem questão de expô-la nas redes sociais e quando isso não ocorre, sempre haverá mãos ligeiras para tirar uma foto do smartphone. […]
    • por Felipe Simonetti
    • 4 Anos atrás
  • Sobre o fatídico 7 a 1 e tudo que o engloba

    Brasileiros (grande parte da torcida e da imprensa) insistem em ostentar o preceito megalomaníaco de que somos o país do futebol. Se algo não correr como esperado, afirmam convenientemente que houve influência externa, problemas estruturais e conspirações. Em suma, tudo desculpa protocolar para justificar o resultado catastrófico de uma partida atípica. O fato é que […]
    • por Lulu
    • 5 Anos atrás