• Histórias das Copas #04 – Os técnicos que apitavam

    Nas primeiras Copas, os juízes viajavam juntos às delegações, não havendo, no torneio, juízes de outros países senão os que brigariam pelo título. Assim, em 1930, havia seis uruguaios, dois belgas, um argentino, um brasileiro, um mexicano, um francês e um chileno com a missão única de apitar ou bandeirar as partidas. O fato curioso, porém, […]