• EURO2016: Aron Gunnarsson, corpo, sangue e espírito islandês

    Por Filipy Bebeto Em meio aos folclóricos personagens do futebol, existe um que sempre rouba a atenção, seja de maneira positiva ou negativa. Aquele cara vibrante, guerreiro, em alguns momentos (ou quase sempre) meio esquentado, sabe? Ainda que às vezes meio “bocão”, é daqueles que, se for deixado livre, apita o jogo e jura ter […]
    • por Doentes por Futebol
    • 3 Anos atrás