• Esfaqueamos o Retrato

    No percorrer da história, acostumou-se declarar o futebol brasileiro tão vitorioso quanto individual. E era o primeiro, pois o segundo se autossustentava. A exuberante e gritante individualidade bastava para a garantia de triunfos após triunfos. O dez decisivo, o nove matador, o onze oportunista eram símbolos de equipes concisas, mas incapazes de representarem um coletivo […]