• Apreço Sem Preço

    A cor do amor simplório ameniza a dor da discrepância. Tão pouco é muito quando tudo é quase nada. A linha é tênue. Restos e sobras interessam. Migalha é banquete; serve sem requinte, cada instante é brinde. Basta circular em volta dela, esfera, que distrai sob ternura a possível fera. Ferida, porém, querida. Por ludibriante […]
    • por Lulu
    • 7 Anos atrás
  • O Moldar do Boleirinho

    Os calos confirmam, indicam o passado de bruto e puro prazer. A paixão começou alegremente, traçando ruas com pés descalços, sujos de histórias boas; terrenos, quadras, campos sem grama e sem drama. Simplesmente futebol. Amor à zero vista. À vista e com juros! Por ele, chorei soluçando num compromisso emocional pleno. Com ele, alavanquei a […]
    • por Lulu
    • 7 Anos atrás